Governo LISTA ações para beneficiar agronegócio na crise

Mediante a pandemia do novo coronavírus, no qual abre uma discussão em todo o país sobre os impactos econômicos provocados por esta crise, diversas ações estão sendo tomadas que abrangem diversas áreas. Entre elas, o governo federal que durantes as últimas semanas vem anunciando medidas econômicas para auxiliar o agronegócio – que mesmo com a crise não parou.

Governo LISTA ações para beneficiar agronegócio na crise (Reprodução/Internet)
Governo LISTA ações para beneficiar agronegócio na crise (Reprodução/Internet)

De acordo com Ministério da Agricultura, abastecimento dos produtos é garantido e exportações crescem.

Leia Também: Garantia Safra será antecipada para Abril em 149 municípios

Entre as ações, prologamento de dívidas, novas linhas de crédito e injeção direta de dinheiro, como o aumento das compras públicas de alimentos.

Medidas abrangem tanto os produtores grandes, como industria, até os pequenos e médios produtores. Confira lista completa.

Prorrogação de dívidas

Agronegócio agora tem até o dia 15 de agosto para realizar o pagamento de financiamentos de custeio e de investimentos. O prazo, mesmo prorrogado, garante que os bancos na hora de cobrar dívida, inclua as mesmas taxas de juros.

Agricultura familiar beneficiada

Ainda de acordo com medidas, o governo federal espera comprar R$ 500 milhões em produtos da agricultura familiar. O dinheiro será no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e deverá ajudar principalmente o setor de hortifrúti, de leite, de flores e pequenas cooperativas.

Linhas de crédito para o agronegócio

No pacote de medidas ainda inclui linhas de crédito emergencial destinada para produtores durante a crise. Os pequenos produtores terão um financiamento com taxas de juros de 4,6% ao ano, com limite de R$ 20 mil por agricultor.

Já os de médio porte, os juros serão de 6% ao ano com limite de R$ 40 mil. Todas as linhas permitem pagamento em até 3 anos.

Financiamento no agronegócio

Destinado para cooperativas, agroindústrias e cerealistas, financiamento para estocagem e comercialização (FGPP) com recursos do crédito rural foi liberado pelo governo. Com isto, eles terão limite de R$ 65 milhões por beneficiário.

As cooperativas de agricultores familiares, por sua vez, terão a taxa de juros de 6% ao ano, e de 8% ao ano para as demais empresas. Condições especiais de pagamento também foram divulgadas, sendo de 240 dias e o período para contratação que se encerra em 30 de junho de 2020.

Leia Também: Senado excluí MP Verde e Amarelo de pauta e medida ameça invalidez

Benefício para quem sofre com a seca

Para os agricultores que recebem o benefício da Garantia-Safra foi liberado mais um pagamento de forma adiantada. A medida deve beneficiar mais de 120 mil famílias de 149 municípios nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte.

Prorrogação prazo do Incra

Agora o prazo de vencimento do Crédito Instalação foi alterado, sendo prorrogado por 60 dias. Com alteração, as parcelas que deveriam ser pagas desde o dia 4 de fevereiro serão prorrogadas por 60 dias, que serão contados após o fim da vigência do Estado de Emergência em Saúde Pública, que foi declarado pelo Ministério da Saúde.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA