Pausa de 60 dias nos financiamentos não funcionam e clientes reagem

Como uma das medidas anunciadas pelos bancos do país auxiliando seus clientes no momento de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, a pausa de 60 dias para o pagamento de parcelas de financiamentos está apresentando instabilidades.

Pausa de 60 dias nos financiamentos não funcionam e clientes reclamam (Reprodução/Internet)
Pausa de 60 dias nos financiamentos não funcionam e clientes reclamam (Reprodução/Internet)

Isto porque empresas e pessoas físicas tem encontrado dificuldades na hora de solicitar o benefício. Além disto, companhias também estão detalhando que juros mais caros estão sendo cobrados em novas operações de crédito.

Leia Também: Bradesco anuncia crédito de R$10 milhões para médias empresas

Vale ressaltar que a medida anunciada no último mês era abrangente apenas para clientes pessoas físicas e micro e pequenas e não vale para cheque especial e cartão de crédito. Procedimento para renegociação de dívidas foi autorizada pelo Conselho Monetário Nacional.

As instituições financeiras que aderiram a modalidade foram a Caixa, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander. A medida dispensa os bancos de aumentarem o provisionamento (reserva de valor) no caso de repactuação de operações de crédito que sejam realizadas nos próximos seis meses.

Já de acordo com Banco Central (BC), estima-se que aproximadamente R$ 3,2 trilhões de créditos possam se beneficiar dessa medida. Com dificuldades, diversos brasileiros têm procurado especialistas e, os que não tem condições, acabam sendo prejudicados.

Resposta dos Bancos

Santander detalhou que clientes com parcelas de dívidas vencidas e não pagas desde o último dia 16 de março de 2020, ou que tenham prestações a vencer até 15 de maio, poderão ter o prazo para o pagamento automaticamente prorrogado por até 60 dias.

Já o Bradesco, destaca que não mudou política de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas. O banco acrescentou que está à disposição para prorrogar por 60 dias as prestações de financiamentos de seus clientes.

Leia Também: INSS: suspensão de salário força trabalhador a contribuir individualmente

Para solicitar o benefício é necessário o cliente ligar para sua agência e solicitar a pausa no contrato. O gerente será o responsável por realizar o ajuste no contrato e indicará a nova proposta ao interessado por meio do canal digital.

O Itaú Unibanco diz que recebe 10 mil solicitações diárias, passando por todas as linhas que fazem parte da ação e que está oferecendo o benefício aos clientes de forma regular. A Caixa destaca que está ofertando o benefício e, também, reduziu taxas de juros de linhas de crédito.

Banco do Brasil, por sua vez, anunciou a liberação das operações de crédito para garantir a liquidez financeira das micro e pequenas empresas. De acordo com o bando, a incidência dos juros será diluída ao longo de todo o cronograma de pagamentos.

Com informações da Agência Brasil

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Pausa de 60 dias nos financiamentos não funcionam e clientes reagem

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA