Imposto de Renda 2020: novo prazo vai atrasar pagamento da restituição? Veja aqui!

Nesta quinta-feira (2), o secretário da Receita Federal, José Tostes Neto, afirmou que o governo vai manter o cronograma de restituição do Imposto de Renda 2020 mesmo definindo um novo prazo para o envio da declaração. Sendo assim, o primeiro lote de restituição permanece sendo pago em 29 de maio.

Imposto de Renda 2020: com mais tempo para entregar a restituição vai atrasar? Veja aqui!
Imposto de Renda 2020: novo prazo vai atrasar pagamento da restituição? Veja aqui! (Imagem: Reprodução/Google)

A declaração do secretário foi feita em uma apresentação técnica realizada no Palácio do Planalto, ao lado de outros integrantes da equipe econômica do governo.

Leia Também: Aprovado! Imposto de Renda 2020 será entregue em nova data

Na quarta-feira (1), foi anunciado o adiamento do prazo final para entregar a declaração do Imposto de Renda. Saindo do dia 30 de abril para 30 de junho.

Tostes Neto, então, havia acrescentado que não haviam sido tomadas medidas com relação a restituição até aquele momento. Apenas no dia seguinte é que a determinação foi comunicada oficialmente.

“Considerando a situação excepcional, decidimos manter o cronograma de restituições previsto anteriormente”, afirmou o secretário.

Na ocasião, José Tostes aproveitou para lembrar que a restituição do Imposto de Renda 2020 já havia sido antecipada, considerando o ano anterior. Para essa edição a Receita mudou para 5 lotes, e não mais 7 como acontecia.

Iniciando em maio e finalizando em setembro. Em 2019, o calendário começou em junho e fez o último pagamento em dezembro.

Segundo o último balanço divulgado pela Receita no dia 30 de março, foram recebidas 8,1 milhões de declarações pelo órgão, ou seja, cerca de 25% do total.

O governo federal espera que 32 milhões de contribuintes façam a declaração neste ano. 

A Receita resolveu manter o número de lotes e a data de pagamento para que nenhum contribuinte seja prejudicado financeiramente. Considerando o cenário de crise que o Brasil vive atualmente por conta da pandemia do novo coronavírus.

Calendário das restituições do Imposto de Renda 2020

  • 1º lote: 29 de maio de 2020
  • 2º lote: 30 de junho de 2020
  • 3º lote: 31 de julho de 2020
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020

Segundo a Receita, o valor total das restituições do primeiro lote será de R$2 bilhões. Nesta rodada o pagamento é prioritário para os idosos, pessoas com deficiência e portadores de doenças graves.

Nos outros, as restituições são pagas seguindo a ordem de entrega da declaração. Isto é, quem enviou o documento primeiro tem prioridade na hora de receber o pagamento.

Leia Também: VETADO! BPC de R$600 para quem aguarda na fila é anulado

O órgão estima que, somados os valores dos cinco lotes, sejam R$26 bilhões pagos para os contribuintes. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA