Aprovado! Imposto de Renda 2020 será entregue em nova data

Receita Federal se pronuncia sobre alteração de prazo para o Imposto de Renda 2020. Após uma série de pedidos de prorrogação, o órgão anunciou, nessa quarta-feira (01), que os contribuintes ganharão mais dois meses para poder enviar suas declarações. A decisão foi tomada levando em consideração o atual cenário nacional afetado pela pandemia do Covid-19.

Aprovado! Imposto de Renda 2020 será entregue em nova data (Imagem: Reprodução - Google)
Aprovado! Imposto de Renda 2020 será entregue em nova data (Imagem: Reprodução – Google)

O novo prazo foi definido e fixado em 30 de junho. Desse modo, a Receita espera que os contribuintes consigam organizar suas documentações, partindo da expectativa que durante esse período os serviços retomem suas atividades.

Leia também: Imposto de Renda 2020: aprenda a declarar suas ações na Bolsa

Inicialmente, o prazo estipulo era 30 de abril e o início do envio começou na primeira semana do mês de março. Com as novas datas, não se sabe ainda como ficará o pagamento das restituições, que estavam previstas para serem liberadas ainda no mês de maio.

Declarações do Imposto de Renda 2020 já enviadas

O órgão informou ainda que há a possibilidade de prolongar o prazo, caso o vírus não seja contido e o país permaneça em isolamento social. Até o momento, apenas 27% dos brasileiros prestaram conta ao leão, dificultando as arrecadações financeiras que o governo federal iria utilizar para custear as medidas de contenção da crise.

Segundo o órgão, o número está abaixo do esperado pela gestão e deve ser associado as dificuldades para obter as documentações. O início de envio das declarações coincidiu com a chegada da pandemia no país, que foi se agravando gradativamente e resultando na paralisarão geral.

Leia também: Auxílio mensal de R$3.135 vai beneficiar funcionários CLT; veja como receber!

Novas medidas

Além de prorrogar o prazo do IRPF 2020, a Receita anunciou ainda que irá zerar a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras. A ação tem como incentivo tornar mais baratas as linhas de financiamento, de modo que possa minimizar os impactos do Covid-19 na economia nacional.

Com a medida, o governo precisará liberar mais R$ 7 bilhões. Por fim, a Receita informou também que modificou os prazos de pagamentos das contribuições do Pis – Pasep e Confins que estavam previstas para o mês de abril e maio. O novo prazo ficou marcado para agosto e outubro e deverá liberar cerca de R$ 80 bilhões nos caixas das empresas.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Aprovado! Imposto de Renda 2020 será entregue em nova data

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA