Caixa divulga prazo para aceitar prorrogação de financiamentos

A crise causada pelo coronavírus deixou muitas famílias sem dinheiro para arcar com as dívidas. E a medida criada para fazer o adiamento de parcelas referentes a operações de crédito nos bancos já conta com inúmeros pedidos. Na Caixa Econômica, mais de 930 mil clientes fizeram o pedido de pausa nos seus financiamentos.

Caixa divulga previsão para aceitar prorrogação de financiamentos
Caixa divulga previsão para aceitar prorrogação de financiamentos (Foto: Google)

Devido ao alto número de solicitações, a Caixa informou que em até 10 dias úteis enviará um SMS dando conclusão ao atendimento. Os pedidos serão analisados conforme a data em que foi solicitado.

Leia Mais: IOF fica suspenso pelos próximos 90 dias em decisão histórica; entenda!

Fazer a pausa nos pagamentos é permitido para os clientes com operações de crédito para pessoas físicas, para empresas e também para compra de imóveis.

De início, a pausa nos pagamentos teria o período de dois meses, porém, a própria Caixa comunicou o aumento para três meses. Este aumento no prazo se dá pela possibilidade de ser o momento mais crítico causado pela pandemia.

Segundo a Caixa, entre os dias 19 a 29 de março, foram cerca de 889,6 mil pedidos de pausa em contratos habitacionais. Estas solicitações partem de famílias que financiam a compra da casa própria e de empresas que adquirem imóveis.

Considerando os contratos de crédito para pessoas físicas, foram 30 mil solicitações de adiamento. Para operações de crédito com empresas foram 16,7 mil pedidos, levando em conta apenas os dias entre 24 e 27 de março.

O crédito imobiliário recebe o maior número de pedidos, pois a Caixa possui a maior carteira desse segmento se comparado a todos os bancos brasileiros.

Saiba mais como funciona a pausa estendida na Caixa

Quem pode pedir a pausa no crédito imobiliário?

Pessoas físicas e empresas que possuam contratos habitacionais com o banco. Os pagamentos precisam estar em dia ou com atraso de, no máximo, dois meses. O pedido também vale para os contratos do programa “Minha Casa, Minha Vida”, voltado para a população de baixa renda.

Quem não terá acesso à pausa nas prestações?

Os clientes que contarem com mais de dois meses de atraso nas prestações. O benefício não é válido para quem já usa o saldo do FGTS para baixar o valor das prestações mensais. Segundo as regras do FGTS, o valor do fundo pode ser usado pelo trabalhador para reduzir em até 70% as prestações no prazo de um ano.

Terei que pagar as prestações depois?

Os valores das prestações serão acrescentadas ao saldo devedor do financiamento do cliente. Isso ser dizer que o cliente pagará, sim, os valores, mas apenas no futuro.

Leia Mais: Auxílio emergencial de R$600 incluí pais solteiros e mães adolescentes

Como Solicitar?

Pessoas físicas podem fazer a solicitação pelo aplicativo Habitação Caixa, pelo WhatsApp (0800-726 8068) e o Telesserviço (telefones 3004-1105 para capitais ou 0800-726 0505 para demais cidades, opção 7). Empresas devem entrar em contato com seu gerente e pedir a pausa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA