Caixa publicará nessa semana calendário do ‘coronavoucher’ de R$600

O pagamento do auxílio emergencial de R$600 aos trabalhadores informais, chamado de ‘coronavoucher’, durante o período de crise do Covid-19 será realizado pela Caixa Econômica Federal. 

Caixa publicará nessa semana calendário do 'coronavoucher' de R$600
Caixa publicará nessa semana calendário do ‘coronavoucher’ de R$600 (Imagem:Reprodução/Google)

Outro banco que estava interessado na participação da distribuição era o Banco do Brasil, visando as classes mais pobres. Porém o governo optou pela Caixa. 

Leia Também: Auxílio de R$600 vai incluir mais categorias com nova aprovação do Senado

Para evitar corrida e aglomeração de pessoas nas agências e na rede de lotéricas pelo país. Nesta semana, a instituição vai divulgar um cronograma de pagamento para os trabalhadores beneficiados. 

O banco está esperando a publicação do decreto, que já foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. Nela estarão detalhadas as implementações da medida. 

A previsão é que o decreto seja publicado em edição extra do Diário Oficial da União, nesta quinta-feira (2).

Para evitar filas e fazer com que o pagamento seja realizado de forma mais rápida, a Caixa vai lançar um aplicativo específico que poderá ser baixado em qualquer tipo de aparelho celular e acessado sem custo para os trabalhadores.

A ideia é incentivar a abertura de uma conta virtual, onde o dinheiro será creditado e o usuário poderá realizar a movimentação para pagar as despesas em supermercados, farmácias e padarias. Sem necessidade de receber a quantia em espécie no banco.

Porém, para poder realizar o saque, o trabalhador deve obedecer o cronograma. O governo confirmou que o calendário deve começar pelos beneficiários do programa Bolsa Família. 

Logo após, os micro-empreendedores individuais e os trabalhadores que estão inscritos no Cadastro único (CadÚnico). E por fim, os informais que não aparecem nesse cadastro e que terão de fazer uma autodeclaração de renda própria e dos membros de toda a família. 

De acordo com os técnicos, o aplicativo será simples. A Caixa já desenvolveu o mecanismo e vai testar o pagamento do auxílio.

A avaliação é que não haverá dificuldades para pagar os beneficiários do Bolsa Família por se tratar de um público já conhecido que tem cartão ou conta no banco.

Leia Também: INSS: adiadas por 90 dias contribuições para Previdência

Os informais que estão fora do cadastro devem aguardar porque a Dataprev, estatal responsável pelo processamento de dados do INSS, com a ajuda da Receita Federal, fará um cruzamento das informações prestadas a fim de evitar fraudes.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA