IPTU de Bauru recebe nova data de vencimento após crise no Brasil

Em meio a pandemia do novo coronavírus, diversas ações estão sendo realizadas para tentar auxiliar os brasileiros a reajustar as finanças e conseguir quitar as dívidas. Entre eles, os proprietários de imóveis na região de Bauru, cidade do estado de São Paulo, tem menos uma preocupação. Isto porque o prefeito realizou a prorrogação do pagamento do IPTU de Bauru no ano de 2020.

IPTU de Bauru recebe nova data de vencimento em dezembro (Reprodução/Internet)
IPTU de Bauru recebe nova data de vencimento após crise no Brasil (Reprodução/Internet)

Além disto, houve a suspensão do corte de água por 30 dias. Esta faz parte de uma série de medidas que visam garantir aos moradores da cidade condições especiais durante o período de pandemia, com o auxílio na hora de pagamento remarcado.

Leia Também: IPTU Maceió 2020 ganha nova data de vencimento

Para este ano, a prefeitura ofereceu a possibilidade dos contribuintes realizarem o pagamento do IPTU Bauru de duas maneiras, sendo ela parcelada ou à vista.

Aqueles que optaram pelo parcelamento, não precisam mais realizar o pagamento da primeira parcela em abril. O governo municipal decidiu que o primeiro vencimento acontecerá apenas em dezembro.

Já os pagamentos referentes as demais parcelas seguem de forma normal, conforme previsto no momento da contratação do parcelamento do IPTU Bauru 2020.

Aos que optaram pelo pagamento à vista, com um desconto de 5% a 10%, a prefeitura destaca que a prorrogação não será válida. Mas pode-se gerar um novo boleto e mudar a forma de pagamento, de à vista para parcelado.

Leia Também: Bolsas da Ásia e Europa têm mais uma queda provocada pela pandemia

Apesar disso, o poder público pede para que as pessoas que têm condições paguem as contas neste primeiro momento, deixando os adiamentos para quem está com dificuldades financeiras.

Reajuste de valor IPTU Bauru 2020

Em 2020, o IPTU Bauru teve um reajuste de valor na cobrança. Prefeitura destaca que a mudança é corresponde a inflação acumulada em um ano, até novembro do ano passado.

Em números gerais, o crescimento é de 3,27% para no IPTU 2020 e outros tributos municipais, como a Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos (TFE). Mas, mesmo com o reajuste considerado pequeno, alguns contribuintes devem ficar ainda mais preocupados.

Isto porque em 2020 não haverá mais a incidência de redutores, que foram aplicados em 2018 e 2019, e para uma parte dos contribuintes o reajuste ficará acima da inflação. Em alguns casos há reclamações de que os índices chegam perto de 12%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA