ANÚNCIO

Com as agências da Previdência Social estão fechadas devido as medidas para tentar barrar a propagação do novo coronavírus no país, novos procedimentos estão sendo observados para tentar realizar o atendimento do INSS para aposentados e pensionistas.

Atendimento do INSS fica concentrado no site e APP; veja como usar (Reprodução/Internet)
Atendimento do INSS está concentrado no site e APP; veja como usar (Imagem: Reprodução/Internet)
ANÚNCIO

Durante este período, o instituto orienta que os procedimentos devam ser realizados via internet, pelo sistema Meu INSS – também disponível em versão de aplicativo para os sistemas Android e iOS. O acesso aos serviços também vale para os canais de atendimento ao cliente, como o telefone 135.

Leia Também: Coronavírus: entenda mudanças nas regras do INSS, após surto

Através do Meu INSS é possível solicitar benefícios, serviços e realizar consultas. O segurado acessa e acompanha todas as informações da sua vida laboral (ou seja, sua história de trabalho) como dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados.

Podem acessar a plataforma todos os cidadãos que recebem qualquer tipo de benefício do INSS. Mesmo aqueles que estão recebendo auxílio temporário, como salário maternidade. Pessoas que ainda não se aposentaram ou estão em processo também podem obter o acesso.

Para utilizar os serviços da plataforma é necessário se cadastrar e obter senha no próprio site. O Meu INSS é acessível por meio de computador ou celular. Veja o passo a passo para realizar o cadastro via computador, mas que pelo aplicativo também pode seguir da mesma forma.

  • Primeiro passo – Acessar o site do site do Meu INSS e clicar em “Entrar”
Meu INSS
Imagem: Print de tela
  • Segundo Passo – Clicar na opção “login” e uma janela surgirá. Nela, deverá ser descrito os detalhes para o login. Caso seja o primeiro acesso, clicar em “criar conta”.
Imagem: Print de tela
  • Terceiro Passo – Caso você não tenha uma conta, é hora de criar uma. Para isso, deve-se indicar o CPF, nome completo, telefone celular para SMS e o e-mail. Logo após, deverá ser selecionada a caixa “Não sou um robô” e aceitar os termos e condições.
Meu INSS
Imagem: Print de tela
  • Quarto Passo –  Agora é a etapa de verificação de dados pessoais. O sistema irá indicar quais são os dados que devem ser selecionados. No exemplo, foi solicitado o dia do nascimento, ano e nome da mãe. Selecione as opções que são correspondentes a sua reposta e prossiga.

Leia Também: Detran RN muda sistema de atendimento e afeta motoristas

Imagem: Print de tela
  • Quinto Passo – O sistema ainda poderá solicitar novos dados. Preencha de forma correta. Neste exemplo, o sistema gera perguntas que devem se respondidas. A partir da validação das respostas, será confirmado o e-mail.
Imagem: Print de tela
  • Sexto passo – Habilitar o cadastro é a próxima etapa. Nela você deverá informar o código de SMS enviado para o número cadastrado ou clicar no link de validação enviado para seu e-mail.
Imagem: Print de tela
  • Sétimo passo – Agora é a etapa de cadastrar sua senha. É preciso inserir novamente o CPF (somente números) e uma senha de preferência (a senha deve ser digitada duas vezes). Ao criar a senha de 12 caracteres, inclua letras maiúsculas e minúsculas, números (é obrigatório inserir pelo menos um) e/ou símbolos.

Pronto! Agora sua conta está criada. Para prosseguir ao atendimento do INSS via internet é necessário voltar a opção anterior e preencher as informações de login com o seu CPF e senha. Com isto, o acesso ao portal já está liberado.

Juan Gouveia, formado em jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É redator do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, direitos trabalhistas e finanças diariamente.