Funcionários do INSS prometem paralisação a partir de hoje (23)!

A pandemia de coronavírus tem provocado diversas ações nos órgãos públicos. Entre elas, a suspensão de atendimentos com fechamento de lojas e comércio por todo o país. Mas mesmo com as medidas, algumas agências da Previdência Social ainda estão tendo que funcionar durante o período, o que causou revolta nos funcionários do INSS.

Funcionários do INSS prometem paralisação a partir de hoje (23)! (Reprodução/Internet)
Funcionários do INSS prometem paralisação a partir de hoje (23)! (Imagem: Reprodução/Internet)

A informação foi compartilhada por servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que destacam que o movimento ainda é grande. Para tentar contornar, a categoria enviou um aviso de paralisação à Secretaria de Previdência, com início a partir de segunda-feira (dia 23) em algumas agências.

Leia Também: Força tarefa do INSS é prejudicada com encerramento das atividades

De acordo com a categoria, a ideia surge para que os servidores e segurados não estejam expostos a contaminação. Ainda segundo o sindicato, foram recebidas denúncias dos servidores também sobre falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) como álcool gel, luvas e máscaras.

O diretor Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, Trabalho e Previdencia Social do Estado do Rio (Sindsprev), em entrevista ao Extra, destacou que o cenário nacional é diferente quando existem diversos servidores que são alfabetos funcionais e não têm acesso à internet. Por isso, cancelar os atendimentos presenciais é um problema.

Isto porque, segundo sua avaliação, “o segurado até tenta fazer os processos pela internet, mas encontra dificuldades, e aí vai para as agências. Porque ele liga para o 135, mas não fica satisfeito com a resposta que recebe”, pontua.

Ainda de acordo com ele, já que a uma grande parte dos servidores está trabalhando de casa, aqueles com mais de 60 anos, o número de profissionais neste atendimento ao público está em número pequeno.

E mesmo assim, aqueles que estão indo trabalhar estão “sem álcool gel, sem a proteção necessária, num ambiente fechado, e mesmo com a quarentena tem uma demanda que está procurando as agências”, destaca Medeiros.

Em nota, o INSS detalhou que durante a pandemia os aposentados e pensionistas devem optar pelo portal do Meu INSS e a Central 135 para realizar os atendimentos e evitar sair às ruas formando aglomerações nas agências.

Leia Também: Sesc e Senac enviam plano de R$1 bilhão ao governo para combater crise

E em relação aos funcionários do INSS, destaca que está resguardando com o home office os profissionais de grupo de risco com mais de 60 anos e aqueles com suspeitas de contaminação. Mas não impacta porque as análises de processos prosseguem, segundo o instituto, por meio do trabalho remoto.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA