Declaração do IR 2020 será repensada com nova data de entrega

Com os problemas enfrentados pelo país devido a pandemia de coronavírus, o governo federal estuda diversas medidas para facilitar a vida dos brasileiros durante a crise financeira que se aproxima. Entre elas, a Receita Federal considera mudar a data de entrega da declaração do IR 2020.

Declaração do IR 2020 será repensada com nova data de entrega (Montagem/FDR)
Declaração do IR 2020 será repensada com nova data de entrega (Imagem: Montagem/FDR)

Com isso, o Imposto de Renda da Pessoa Física 2020 possivelmente terá uma nova data limite para entrega das declarações. As informações foram compartilhadas pelo GLOBO depois de ouvir fontes que atuam perto das ações do órgão e acompanham a discussão.

Leia Também: Imposto de Renda 2020: motorista de aplicativo pode ser contribuinte

De acordo com avaliação interna, a Receita Federal acredita que por conta do avanço do coronavírus, alguns grupos de contribuintes não podem realizar a entrega a tempo, mesmo considerando que a grande maioria já não teria dificuldade neste repasse de informações.

As situações de declarações pendentes estão sendo monitoradas pelos técnicos responsáveis no Ministério da Economia por acompanhar este assunto. Eles irão considerar o avanço da doença, e como poderá haver impacto no trabalho da Receita Federal.

De acordo com o último balanço divulgado pela Receita Federa, na segunda-feira (16), o leão já recebeu 4,6 milhões de declarações do IR 2020. A previsão do governo é de somar cerca de 32 milhões de declarações para este ano.

Vale destacar que o prazo atual para realizar o procedimento é até o dia 30 de abril. A declaração pode ser realizada no sistema da Receita Federal durante 20 horas por dia, ficando apenas indisponível entre 1 hora e 5 horas.

Leia Também: Estado de calamidade pública é aceito na Câmara! Saiba o que muda

Já para os que não realizarem o procedimento a tempo, irão pagar multa de no mínimo R$165,74. O valor máximo será correspondente a 20% do imposto devido.

Mas é importante destacar que não são todos os brasileiros que são considerados contribuintes do Imposto de Renda 2020. Uma das regras de definição mais importante é aplicada para aqueles que tiveram rendimento tributável com valor igual ou acima de R$ 28.559,70 em 2019.

Além da possibilidade de prolongar o prazo de envio da declaração de rendimentos do IRPF 2020, o governo tem tomado outras atitudes a fim de diminuir os impactos financeiros com a pandemia.

Devido ao alto índice de contágio, os brasileiros estão sendo convidados a ficar em casa, por conta disso, restaurantes, bares, e profissionais autônomos são os mais prejudicados.

Para estímulo, deve ser liberado um novo saque do FGTS, aumentar o número de beneficiados do Bolsa Família, e autorizar vouchers de R$200 aos trabalhadores independentes.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA