Mercado financeiro: bolsas asiáticas fecham em baixa nesta 4° feira

Mercado financeiro asiático segue sofrendo queda nas bolsas de valores graças a expansão do coronavírus. Nessa quarta-feira (18), os índices acionários da China, país mais afetado pela pandemia, registraram uma redução de 1,98%. Em Xangai a queda foi de 1,83%. Durante o pregão, após Pequim sinalizar que precisaria de suporte para lidar com o impacto econômico da doença, a redução foi de 1%.

Mercado financeiro: bolsas asiáticas fecham em baixa nesta 4° feira (Imagem: Reprodução - Google)
Mercado financeiro: bolsas asiáticas fecham em baixa nesta 4° feira (Imagem: Reprodução – Google)

Segundo economistas, o mercado financeiro seguirá sendo afetado ao longo das próximas semanas. Além da existência do coronavírus, há também os desdobramentos ocasionados pela crise do petróleo. A redução do valor do combustível vem gerando um efeito negativo na indústria chinesa, que está perdendo seus capitais de venda.

Leia também: Coronavírus na China: entenda como a pandemia interferiu no país

Confira o fechamento da bolsa de hoje nos países asiáticos:

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,68%, a 16.726 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 4,18%, a 22.291 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,83%, a 2.728 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,98%, a 3.636 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 4,86%, a 1.591 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 2,34%, a 92.218 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 1,18%, a 2.425 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 6,43%, a 4.953 pontos.

Apesar da crise, no início do pregão os representantes do mercado estavam otimistas para o balanço dessa quarta-feira (18).

Segundo eles, com o fechamento da Bolsa de Nova Iorque, esperava-se bons resultados para a região, tendo em vista os ganhos de 5,2% a 6,2% assim que o presidente dos Estados Unidos lançou o plano de estímulo fiscal de até US$ 1 trilhão, para amenizar os efeitos da pandemia.

No entanto, a medida em que os futuros índices dos mercados acionários americanos foram surgindo, os valores começaram a cair, atingindo uma baixa de 5% durante essa madrugada.

Leia também: Declarações do Imposto de Renda 2020 somam 4,6 milhões de entregas

Tendo em vista que ainda não há previsão de quando a crise será estabilizada mundialmente, levando em consideração que há regiões que ainda não atingiram o pico da doença, o mercado financeiro segue em estado de alerta.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA