Saque do FGTS deve ser feito por 36,6 milhões na modalidade imediato

Prazo para retirada do saque-imediato está se encerrando e mais de 36,6 milhões de brasileiros ainda não usufruíram do benefício. Os trabalhadores terão até o dia 31 de março para poder receber a quantia. Segundo dados da Caixa Econômica, o número de não contemplados representa cerca de 37,9% dos 96,4 milhões de pessoas que têm direito ao saque do FGTS nesta modalidade.

Saque do FGTS ainda deve ser feito por 36,6 milhões na modalidade imediato (Imagem: Reprodução - Google)
Saque do FGTS ainda deve ser feito por 36,6 milhões na modalidade imediato (Imagem: Reprodução – Google)

Os dados do banco informam ainda que, até o fim de mês devem ser retirados aproximadamente R$ 14,8 bilhões, dos R$ 42,6 bilhões inicialmente previstos. Ao informar os números, a instituição reforçou que o prazo não será prorrogado e que após o período de vencimento os valores retornarão aos fundos de garantia, sem possibilidade de saída.

Atualmente, a quantia média retirada por trabalhador tem sido de R$ 465,68. O maior quantitativo de saques foi no estado de São Paulo, com 16,3 milhões de pessoas que sacaram R$ 7,9 bilhões. O menor número ficou em Roraima, com 112,4 mil beneficiários retirando cerca de R$ 49,42 milhões.

Leia também: Saque aniversário do FGTS em forma de consignado vai receber regras em breve

Valores

Apesar da quantia média, o pagamento do auxílio varia entre R$ 998 e R$ 500. O valor máximo é destinado para todos aqueles que tinham um saldo entre R$ 499 a R$ 998 durante junho de 2019 (período de aprovação da medida).

Além disso, é válido ressaltar que o pagamento é feito por conta. Isso significa que, um trabalhador, obtendo mais de dois registros do FGTS, poderá sacar mais de uma vez.

As contas ativas são referentes ao trabalho atual, já as inativas são de atividades anteriores que também tenham sido registradas em carteira e contabilizaram fundo para o FGTS.

Para poder fazer o saque do FGTS, o beneficiário tem que fazer a retirada por conta. Se desejar, ele pode tirar o pagamento total de uma conta e apenas a metade de outra, deixando o restante retido em seu fundo.

Leia também: BPC: saiba quem recebe o benefício antecipado esse mês

Como fazer o saque do FGTS

As retiradas são realizadas pela Caixa Econômica Federal ou pelas Casas Lotéricas. Os correntistas da instituição já tiveram o pagamento depositado automaticamente em suas contas. No caso daqueles que não têm vínculo, basta ir até uma agência com a carteira de trabalho em mãos.

O banco também lançou como novidade a transferência gratuita e online para qualquer banco. Basta baixar o aplicativo do FGTS e preencher os dados solicitados no “Saque digital”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA