IRPF: veja como consultar mais um lote da restituição

Hoje (9), a Receita Federal disponibilizou a consulta a mais um lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). O lote contempla restituições residuais referente aos exercícios de 2008 até 2019, que haviam caído na malha fina e realizaram a regularização de sua situação. O sistema foi aberto a partir das 9 horas para as consultas.

IR: veja como consultar mais um lote da restituição
IR: veja como consultar mais um lote da restituição (Imagem:Montagem/FDR)

A consulta pode ser realizada no site da Receita informando CPF e data de nascimento. Essa consulta pode ser feita pelo Receitafone, para isso é só ligar no número 146. 

Leia também: Caiu na malha fina do IR? Saiba se tem direito a restituição

Há também o aplicativo Pessoa Física para tablets e smartphones, nos quais o usuário pode fazer o acompanhamento das restituições e ter acesso a todas as informações.

Ao todo serão 72.546 contribuintes que receberão o crédito em suas contas, totalizando cerca de R$240 milhões em restituições. O dinheiro será depositado até o dia 16 de março na conta bancária que foi indicada pelo contribuinte ao fazer a declaração do IRPF.

O valor depositado será corrigido pela taxa básica de juros, Selic, que foi acumulada entre a entrega da declaração até agora.

Porém depois de cair na conta esse saldo não recebe mais nenhum acréscimo. Os percentuais variam, para as declarações de 2019 serão de 4,77%. Já para as declarações que foram entregues em 2008 o percentual é de 113,05%.  

Caso tenha direito e o valor não cair na conta é preciso procurar uma agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

O dinheiro ficará disponível para saque pelo período de um ano. Caso o beneficiário não resgate neste prazo deverá solicitar novamente pelo site. 

Leia também: Abono salarial pode se tornar restrito a quem ganha até 1 salário mínimo

Para isso basta ir em “formulário eletrônico” e depois em “pedido de pagamento de restituição” ou no e-CAC, em “extrato do processamento da DIRPF”.

O que é a restituição do IRPF?

A restituição funciona como um reembolso pago aos contribuintes que têm direito a diminuição no valor pago de IRPF por conta das deduções inclusas na declaração.

Depois de analisar todos os documentos, a Receita Federal aplica descontos e devolve “o troco” por meio de lotes em que restituí os cidadãos.

Nesses casos, vale para quem regularizou suas pendências com a Receita entre os anos de 2008 e 2019.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.