Índice de entrega do Bolsa Família do Nordeste gera posicionamento dos senadores

Com os índices surpreendentes envolvendo as liberações do benefício do Bolsa Família para as famílias da região Nordeste, representando apenas 3% de um total distribuído para todo o pais no mês de janeiro, senadores pedem esclarecimentos.

Índice de entrega do Bolsa Família do Nordeste gera posicionamento dos senadores (Reprodução/Internet)
Índice de entrega do Bolsa Família do Nordeste gera posicionamento dos senadores (Reprodução/Internet)

A decisão foi feita pela bancada de senadores do Partido dos Trabalhadores, o PT, no qual solicitaram ao Tribunal de Contas da União uma auditoria no processo de concessão no mês de janeiro.

Leia Também: Saque do Bolsa Família será antecipado na Baixada Santista

Isto porque as regiões Sul e Sudeste somaram 75% dos benefícios liberados no primeiro mês do ano, procovando assim uma priorização. Os números apontam que na região Nordeste apenas 3.035 famílias foram liberadas, o que representa quase dez vezes menos. Além da disparidade regional, o número de famílias no Cadastro Único sem o Bolsa Família chegou a 3,5 milhões em dezembro de 2019.

Ainda com o intuito de prestar esclarecimentos sobre os dados, o deputado Ivan Valendte do PSOL, com o apoio de seu partido, irá solicitar a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara para realizar a investigação das concessões do Bolsa Família.

O deputado destacou que irá solicitar o procedimento de forma ampla sobre toda a execução do programa. Além disto será necessário que realize a coleta de 171 para a abertura da CPI.

O Ministério da Cidadania, responsável pela pasta, não detalhou os critérios utilizados para a incluir novos inscritos das regiões no programa. Em nota enviado ao GLOBO, destacam que a inclusão de famílias “depende da emancipação, procedimentos rotineiros de averiguação e revisões cadastrais, fiscalização, desligamentos voluntários, e, claro, disponibilidade orçamentária”.

Leia Também: Desigualdade: saneamento para mães negras é menor do que para branca

Fazendo uma análise das concessões no mês de janeiro, o governo federal tem priorizado a região Sul, logo em seguida a região Centro-Oeste somando 6,4% das famílias atendidas. Em seguida, vem o Sudeste totalizando 3,5% dos cadastrados beneficiados.

Já o Norte teve atendimento de 6.857 famílias, representando 1,61% das 425 mil cadastradas. E, por último, Nordeste contou com apenas 3.035 benefícios autorizados a fazer parte do Bolsa Família, o equivalente a 0,23% da demanda.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA