CNH Social GO: inscrições começam no próximo dia 16

Com as inscrições já encerradas, agora já está no prazo das convocações para apresentação de documentos que darão direito ao benefício da CNH Social GO. O Departamento de Trânsito de Goiás (Detran-GO) divulgou no último dia 28 a lista com os 686 convocados na 2ª chamada do programa.

CNH Social GO: inscrições começam no próximo dia 16 (Reprodução/Internet)
CNH Social GO: inscrições começam no próximo dia 16 (Reprodução/Internet)

É necessário estar atento ao prazo para a realização da comprovação de documentação e matrícula, datada para até o próximo dia 16 de março. Os candidatos selecionados que não cumprirem o prazo irão ser desclassificados do programa.

Leia Também: CNH Social 2020: entenda quem pode participar e quais benefícios

A matrícula é inicialmente feita online, através do site do Detran-GO. No mesmo link está disponível a lista com os classificados.

Logo em seguida, o classificado deverá procurar uma unidade do Vapt Vupt ou de Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) do seu município para apresentar a documentação e a matrícula impressa.

Na primeira fase de seleção, de acordo com o Detran, cerca de 30% dos convocados perderam a oportunidade de se habilitar de graça por não cumprirem o prazo da matrícula.

O mais recente edição da CNH Social foi implantada pelo Governo de Goiás em novembro do ano passado, com o objetivo de formar, qualificar e habilitar cidadãos de baixa renda.

Selecionados recebem benefícios como isenção nas taxas do Detran-GO, curso teórico e prático, com três retestes, gratuidade nos exames médicos e psicológicos. A licença de aprendizagem, inclusão de Renach e agendamento de provas teórica e prática também serão gratuitos.

De acordo com o presidente do Detran-GO, Marcos Roberto Silva, o processo de retirada da habilitação é de R$ 1,3 mil para categoria A e R$ 1,6 mil para B – sem reteste.

Leia Também: Salário do BPC de R$2.090 aguarda aprovação de projeto

A CNH Social é destinada a jovens de 18 a 25 anos inscritos no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico).

Entre os critérios gerais, é necessário ter realizado todo o ensino médio em escola pública e ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior ao da inscrição.

A nota do exame poderá servir como um dos critérios de seleção. Além desses pontos, o processo de adesão ao programa é dividido em dois fluxos, estabelecendo entre eles critérios específicos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA