Bolsa Família vai retornar inscrições em 2020? Veja o que se sabe até agora

Fila de espera para ser contemplado pelo Bolsa Família segue aumentando e prejudicando milhares de brasileiros em situação de vulnerabilidade social. O entrave teve início ainda em 2019, com o início da operação pente fino e, segundo o Ministério da Cidadania, permanecerá até que a fiscalização seja inteiramente realizada.

Bolsa Família vai retornar inscrições em 2020? Veja o que se sabe até agora (Foto: Reprodução Google)
Bolsa Família vai retornar inscrições em 2020? Veja o que se sabe até agora (Foto: Reprodução Google)

A ação de monitoramento dos atuais cadastrados é uma medida do governo do presidente Jair Bolsonaro, que tem como objetivo reduzir o número de fraudes e bolsas ofertadas para pessoas que não se enquadram nas regras do projeto.

Leia também: Bolsa Família retorna pagamentos depois de paralisação

Desde o início das revisões, foram desligados mais de 900 mil pessoas que apresentaram erros em seus cadastros. O principal motivo do afastamento diz respeito a renda superior ao valor exigido que é de R$ 89 por pessoa.

Para poder reforçar e facilitar a checagem dos dados, o governo federal chegou até a cogitar que a Receita Federal repassasse os informes de renda dos cadastrados. A medida ainda está em análise no congresso e se aprovada modificará a lei de acesso de dados do IRPF.

Sobre as filas no Bolsa Família

Atualmente, há mais de 500 mil famílias com seus registros aprovados no Cadastro Único, porém sem aceitação do programa. Após o envio dos documentos ao CU, os candidatos estão sendo informados que deverão esperar por uma nova vaga de disponibilidade.

Mesmo com os desligamentos já registrados, a gestão segue sem incluir novas famílias. Segundo os especialistas políticos, por ser um ano de eleição, espera-se que o projeto retome seu ritmo de aceitação normal, de modo que não prejudique os candidatos.

A última vez em que o Bolsa Família ficou em fila de espera foi no ano de 2015, sob o governo de Michel Temer.

Leia também: Contribuição do INSS 2020 muda alterando também o seu salário

Mudanças para 2020

Após a fiscalização, Bolsonaro e sua equipe estão estudando propostas de reformulação do projeto. Além da alteração do nome para Renda Brasil, o presidente pretende criar novas bolsas de auxílio financeiro, destinada para jovens com bom desempenho escolar.

Outra medida é o aumento nos pagamentos básicos que passarão a ser de R$ 100 e R$ 200. Também espera-se uma nova rodada de pagamentos do 13° salário, ofertado em 2019 pela primeira vez na história do programa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA