Entrega do Imposto de Renda 2020 começa no dia 2; veja o que precisa apresentar

Com o prazo para realização do Imposto de Renda 2020 chegando, é importante ficar atento aos pontos necessários para finalizar o procedimento. Governo Federal divulgou recentemente a lista de documentos e demais pontos referentes as novidades para 2020.

Entrega do Imposto de Renda 2020 começa no dia 2; veja o que precisa apresentar (Reprodução/Internet)
Entrega do Imposto de Renda 2020 começa no dia 2; veja o que precisa apresentar (Reprodução/Internet)

A data divulgada para o início das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2020, referente a base de documentação de 2019, é no próximo dia 2 de março. Contribuintes têm até o dia 30 de abril para enviar a documentação.

Leia Também: IRPF 2020 tem novidade sobre a restituição com liberação antecipada

Especialistas detalham pontos importantes que devem ser considerados na hora da declaração. Entre eles, separar todos os documentos necessários para realizar o procedimento. Confira a lista completa dos informes:

  • Instituições financeiras
  • Rendimentos de salários, pró labore, distribuição de lucros, aposentadoria, pensões, etc;
  • Aluguéis de bens móveis e imóveis recebidos de jurídicas etc.;
  • Outras rendas, como doações, heranças, dentre outras;
  • Livro Caixa e DARFs de Carnê-Leão;
  • Participações de programas fiscais (Nota Fiscal Paulista, Nota Fiscal Paulistana, dentre outros).
  • Documentos que comprovem a compra e venda de bens e direitos ocorridas em 2019;
  • Cópia da matrícula do imóvel e/ou escritura de compra e venda;
  • Boleto do IPTU de 2020;
  • Documentos que comprovem a posição acionária de cada empresa, se houver.
  • Informações e documentos de dívida e ônus contraídos e/ou pagos em 2019.
Já nos quesitos ligados à rendas variáveis é necessário que o contribuinte detalhe o controle de compra e venda de ações, DARFs de Renda Variável e os informes de rendimento auferido em renda variável.

Leia Também: IPVA SP 2020: pagamento com cota única termina hoje (21)!

Pontos ligados aos gastos com plano de saúde, odontológico, despesas em educação, pagamento de previdência social e privada, recibo de doações e de trabalhadores terceirizados também entram na lista.

Vale destacar que é importante incluir a documentação original de identificação do titular e de todos os dependentes. Além dos endereços atualizados, cópia da última declaração do IRPF e atividade profissional exercida atualmente.

Ainda é necessário separar documentos de compra e venda de bens, prestações e mensalidade de escola, cursos de graduação e etc – nos quais são sujeitos a deduções e papéis de doações, consórcios, empréstimos e heranças.

Todo procedimento da declaração do Imposto de Renda 2020 será realizado pela internet. Também é possível prestar as informações do IRPF por meio de aplicativo da Receita Federal.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA