IPVA SP 2020: pagamento com cota única termina hoje (21)!

Acaba nesta sexta-feira (21), o prazo para os proprietários de veículos com placa final 9 realizaram o pagamento à vista e sem desconto do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA SP 2020).

IPVA SP 2020: pagamento com cota única termina termina hoje (21)!
IPVA SP 2020: pagamento com cota única termina termina hoje (21)! (Imagem:Reprodução/Google)

Aqueles que escolheram parcelar o imposto em três vezes precisam ficar atentos para quitar o débito referente a segunda parcela.

Leia Também: Calendário IPVA SP 2020: começou o vencimento da segunda parcela

Por conta do feriado de Carnaval, o calendário irá seguir até a próxima semana, na quarta-feira (26), para os veículos de placa 0. 

Para realizar o pagamento do IPVA SP 2020, o contribuinte deve ir até uma agência bancária credenciada com o número do Registro Nacional de Veículo Automotor (Renavam).

Redes como Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Itaú, aceitam o recebimento do tributo em seus canais digitais e agências físicas.

Aqueles que desejarem antecipar o licenciamento anual devem quitar de forma integral os débitos que recaiam sobre o veículo. Sendo o IPVA SP 2020, taxa de licenciamento, o seguro DPVAT e, se tiver, as multas de trânsito. 

O calendário para quitar a terceira e última parcela começa no mês de março, a partir do dia 11 e finaliza no dia 24. 

Para quem não quitou o tributo na primeira parcela à vista que concedeu 3% de desconto em janeiro, e também não fez o pagamento total em fevereiro sem desconto. Serão aplicadas multas e juros por dia ao valor original do IPVA SP 2020.

 Além disso, sem realizar esse pagamento o motorista não pode licenciar o seu carro. Já que o IPVA é imprescindível para comprovar que todos os débitos foram quitados.  

O motorista corre o risco de ter o carro apreendido, caso seja parado por autoridades que podem apontar o não quitamento da dívida. Transitar com documento atrasado é considerada infração gravíssima.

Leia Também: Declaração IRPF 2020: aprenda a preencher o documento

O proprietário do veículo ainda vai ter o seu nome inscrito em dívida ativa, assim não poderá solicitar crédito nos bancos. 

Além disso, existe a questão social no pagamento do imposto. Já que a quantia serve para investimento nos setores públicos do estado e do município que o carro foi emplacado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA