INSS corrige valor do piso e muda o pagamento dos salários

Na terça-feira (11), foi oficializado o aumento nos valores do piso dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Automaticamente foram mudados os pagamentos dos salários. 

publicidade
INSS corrige valor do piso e muda o pagamento dos salários
INSS corrige valor do piso e muda o pagamento dos salários (Imagem:Montagem/FDR)
publicidade

No mês de janeiro, os segurados do INSS já receberam um aumento no qual o salário saiu de R$998 para R$1.039.

Leia Também: Contribuições ao INSS são fixadas com novo valor e mudam seu salário

Porém, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) ficou na faixa de 4,48% e por isso o governo decidiu reajustar novamente o salário mínimo.

O índice calcula a variação do custo de vida das famílias com renda mensal de um até cinco salários mínimos. No final do ano passado, o governo reajustou o salário em apenas 3,43%.

Após essa definição, os benefícios que serão pagos na quarta-feira (19), já incluem o novo valor do salário mínimo, ou seja, R$1.045.

O ajuste também mudou o piso dos benefícios pagos pelo INSS, que passou a ser de R$1.045. Por lei, esses pagamentos não podem ser inferiores a 1 salário mínimo.

O teto dos benefício, ou seja, o maior salário que pode ser pago pelo INSS sofreu mudanças e passou de R$5.839,45 para R$6.101,06.

Os segurados têm um prazo de 60 dias para saque a partir do dia em que o dinheiro foi depositado em sua conta.

Caso não faça a retirada durante o período estipulado, o dinheiro será devolvido para o INSS. Para reverter a situação, será preciso justificar a ausência do saque e solicitar o ressarcimento. 

Essa solicitação pode ser realizada pelo site, portal Meu INSS ou pela central telefônica 135 que funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h. A ligação é gratuita quando feita de um telefone fixo e o custo é de uma ligação local, quando feita de celular.

Leia Também: Saque do abono salarial 2020: saiba quais as regras para receber seu benefício

Nesses portais, o beneficiário precisa informar dados como nome e CPF. Ao logar no site, o segurado precisa escolher a opção “Agendamentos/Requerimentos” e escolher “Novo Requerimento”. Logo em seguida, precisa selecionar “Atualizações para manutenção do Benefício e outros Serviços” e escolher “Solicitar Pagamento de Benefício não Recebido”.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.