Banco PAN faz lançamento histórico visando a classe C

Na quinta-feira (6) o Banco PAN anunciou um lançamento histórico dentro da sua marca. Abrindo as portas para uma conta digital que tem como foco atingir o público das classe C, D e E. 

publicidade
Banco Pan faz lançamento histórico visando a classe C
Banco Pan faz lançamento histórico visando a classe C (Imagem:Reprodução/Google)
publicidade

O Banco Pan, teve suas origens em 1969 com o nome de Panamericano, mas suas operações só começaram como banco múltiplo em 1990.

O objetivo do banco desde o seu início era se expandir no segmento de crédito, captando assim um maior número de clientes. 

Leia também: Banco Pan ocupa alta posição em ranking desastroso 

Por conta disso, o banco realiza o lançamento de diversas novidades para melhorar o atendimento ao cliente. Dessa vez foi uma conta voltada principalmente para as classes C, D e E.

A conta digital não possui tarifa de manutenção, oferece ao cliente um pacote mensal gratuito de transferências, saque nas Rede 24Horas, depósitos por meio de boletos, pagamento de contas, produtos e créditos e outros serviços.

Ao abrir seu usuário, o cliente irá receber um cartão múltiplo, ou seja, que possui a função de crédito e de débito sem anuidade.

Também poderá cadastrar o seu cartão de débito para realizar pagamentos digitais de serviços de plataformas como Netflix, Spotify e Uber.

Além disso, é possível pedir um crédito pessoal com taxas e valores que se encaixam no perfil do cliente.

Em entrevista ao jornal Exame, o diretor do Banco Digital e Meios de Pagamento, Diogo Ciuffo, explica sobre essa forma de oferta de crédito.

 “O crédito é o nosso principal instrumento para atração, engajamento e monetização de clientes. Afinal, a falta de crédito adequado é a maior dor do nosso público. E esse é exatamente nosso grande diferencial. Está em nosso DNA. Desde 2011, já concedemos mais de R$ 160 bilhões em crédito para as classes C, D, e E”, explica.

Vale lembrar que ao navegar pelo aplicativo do Banco Pan, a internet do celular não será consumida.

Até o momento, cerca de 40 mil clientes estão fazendo teste no produto, mas a expectativa do banco é que sejam abertas mais de 2 milhões de contas apenas neste ano.

Leia também:Restituição do IR 2020 pode ser paga ao MEI? Veja aqui

A estratégia do banco para atrair novos clientes será na maneira de ofertar a base para cliente ativos e ex-clientes. Trazer fluxo de potenciais, e cria expectativa sobre clientes solicitando crédito mensalmente, marketing digital, rede física de distribuição e muito mais.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.