IPTU 2020 SP, BH, Rio, Salvador e mais: saiba como funciona a cobrança nas capitais 

No início do ano, os moradores pagam o Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU 2020) como um tributo oficial e obrigatório. Saiba como funciona o pagamento nas capitais mais movimentadas do país, como São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre e Belém.

IPTU 2020 SP, BH, Rio, Salvador e mais: saiba como funciona a cobrança nas capitais 
IPTU 2020 SP, BH, Rio, Salvador e mais: saiba como funciona a cobrança nas capitais

O IPTU 2020 é cobrado pela prefeitura de cada município e deve ser pago por aqueles que possuem um imóvel em área urbana, seja ele uma casa, apartamento, sala comercial ou outros tipos de propriedade. 

Veja também: Isenção do IPTU está garantida aos aposentados; saiba como pedir

O que for arrecadado com o pagamento é investido nas áreas públicas da cidade, por exemplo, na melhoria do setor da saúde, segurança, educação e transporte. 

O valor varia de acordo com a legislação do município e o valor venal do imóvel, que é registrado na prefeitura considerando a localização, infraestrutura e tamanho da propriedade. 

  • São Paulo

Os paulistas podem realizar realizar o pagamento em cota única com 3% de desconto até o mês de fevereiro.

Os contribuintes puderam escolher a data de vencimento em outubro do ano passado. Quem não fez a escolha receberá os carnês com vencimento entre os dias 9 a 14 de fevereiro. Além disso, podem ser realizados parcelamento em até dez vezes. 

O tributo pode ser pago por meio de boleto. Caso haja atraso será cobrado multa de 0,33% ao dia. Para retirar a segunda via do tributo é só acessar o site da prefeitura.

  • Rio de Janeiro 

Os moradores do Rio poderão pagar o IPTU 2020 à vista e conseguir 7% de desconto, se quitar o imposto até 7 de fevereiro.

O tributo também pode ser parcelado em até 10 vezes sem juros, as parcelas terão vencimento no quinto dia útil de cada mês, a partir de fevereiro. 

Se o contribuinte tiver dúvida ou quiser emitir a segunda via, é possível sanar acessando o site da prefeitura.

  • Salvador 

Os moradores de Salvador que realizarem o pagamento do imposto à vista, poderão conseguir um desconto de 7% se o pagamento for feito até 4 de fevereiro. 

Além disso, é possível parcelar o IPTU 2020 em 11 parcelas que vencerão todo dia 5 de cada mês.

Caso não realize o pagamento, o valor sofre reajuste de multa de 0,33% por dia, até o limite de 20%. Se virar o mês, há ainda juros de mora de 1% ao mês, a partir do mês seguinte ao vencimento da parcela.

Se o contribuinte tiver dúvida ou quiser emitir a segunda via basta acessar o site da prefeitura.

  • Belo Horizonte

O prazo para o pagamento do imposto à vista com desconto já acabou, era até o dia 20 de janeiro.

Mas os contribuintes podem parcelar em até 11 vezes, com vencimento mensal no dia 10, a partir do mês de fevereiro. 

No estado, são enviadas duas guias ao contribuintes em janeiro e em julho. Caso atrase, o valor da multa varia.

Para até 10 dias a multa é de 1%,3% para 11 a 30 dias; e 5% acima de 30 dias de atraso. Além disso, quando supera um mês, há juros de 1% ao mês.

Se o contribuinte tiver dúvida ou quiser emitir a segunda via, é possível acessar o site da prefeitura.

  • Porto Alegre 

O prazo para realizar o pagamento à vista com desconto já passou, era até o dia 3 de janeiro. 

Porém, o parcelamento do IPTU 2020 pode ser feito em até 10 parcelas, a primeira irá vencer no dia 9 de março e as outras vencerão no dia 8 de cada mês. 

O pagamento é pago por meio das guias que são enviadas mensalmente ao contribuinte. Caso atrase, o contribuinte pagará uma multa de 2% até o final do mês de vencimento ou 10%, mais juros de mora de pelo menos 1% ao mês.

Se o contribuinte tiver dúvida ou quiser emitir a segunda via, é possível sanar acessando o site da prefeitura.

  • Belém

Os contribuintes podem realizar o pagamento à vista com 10% de desconto até o dia 10 fevereiro. Caso opte pelo mês de março, o desconto será de 7%.

Aqueles que parcelarem o IPTU, poderão quitar em até 10 vezes sem juros. O vencimento do tributo será em todo dia 10 de todos os mês.

O imposto é pago por meio de carnês que serão enviados para os contribuintes. Caso tenha alguma dúvida entre no site da prefeitura.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.