Bancos‌ ‌digitais‌ ‌crescem‌ ‌em‌ ‌índice‌ ‌de‌ ‌confiabilidade‌ ‌com‌ ‌adesão‌ ‌surpreendente‌ ‌

Você já ouviu falar de Nubank? Tem algum amigo correntista da Neon? É registrado no Next? Estes são exemplos de bancos digitais, empresas cada vez mais populares no Brasil. De acordo com uma pesquisa encomendada pela fornecedora global de tecnologia e serviços financeiros Fiserv e realizada pela Toluna Insights, quase 20% dos brasileiros já aderiram aos bancos sem agências fixas.  

Bancos‌ ‌digitais‌ ‌crescem‌ ‌em‌ ‌índice‌ ‌de‌ ‌confiabilidade‌ ‌com‌ ‌adesão‌ ‌surpreendente‌ ‌
Bancos‌ ‌digitais‌ ‌crescem‌ ‌em‌ ‌índice‌ ‌de‌ ‌confiabilidade‌ ‌com‌ ‌adesão‌ ‌surpreendente‌ ‌

O levantamento foi feito no ano passado, tendo como base as respostas de 600 entrevistados.

Veja também: C6 Bank lança novidade para interessados em investir

Pelo menos 61% dos participantes declararam ter uma conta em algum banco nacional, sejam eles privados ou públicos, enquanto 18% prefere receber seu dinheiro através de um banco digital.  

A forma com que estas empresas são procuradas também foi analisada em entrevista. Os aplicativos móveis são o principal meio de acesso entre os correntistas e os bancos, eles representam preferência de 43% dos clientes.

Número muito maior do que os que preferem agências físicas, um total formado por 16% dos questionados. 

Quais as diferenças entre bancos digitais e físicos? 

As principais diferenças que podemos destacar entre os bancos tradicionais e digitais são a burocracia para abrir contas e agilidade no suporte.

Segundo a pesquisa da multinacional americana J.P Morgan, um brasileiro que deseja abrir conta em empresas como Agibank, BTG Digital, Inter, Neon, Nubank, Original e Next, todos estes bancos digitais, demoraria de de 5 a 15 minutos, com tempo médio de aprovação de até 3 dias úteis. 

Leia também: Vale a pena abrir uma conta digital? Entenda!

Os clientes de bancos fixos devem ter mais paciência. Analistas avaliaram que no Itaú e no Santander a conta precisa de dois dias para ser aberta. Já o Bradesco e o Banco do Brasil realizam abertura no mesmo dia, mas apresentam problemas em seus aplicativos digitais, o que força os clientes irem às agências e aguardarem, em média, 55 minutos em filas. 

Taxas e tarifas dos bancos 

Que os serviços digitais tendem a ser mais rápidos do que os que exigem presença nas instituições financeiras você já entendeu. Mas será que vale a pena trocar o banco tradicional pelos aplicativos?  

Lembra dos três bancos citados no primeiro parágrafo deste texto? Eles alguns dos mais populares do segmento. Vamos compará-los com contas de bancos físicos igualmente utilizados. 

Nubank x Caixa Econômica

O banco digital Nubank não apresenta anuidade ou custo mensal. Enquanto a Caixa cobra R$ 29,91 mensalmente em sua primeira conta e R$ 358 de custo anual.  

Neon x Banco do Brasil

O Neon tem tarifa zero em anuidade e mensalidade. Já o Banco do Brasil cobra R$ 29,29 por mês e R$ 351 ao ano.  

Next X Itaú

Por mês, o cliente do banco Next precisa desembolsar R$ 9,99. Anualmente a quantia equivale a R$ 120 reais. Para correntistas Itaú, o mês custará R$ 33,98, enquanto o ano será R$ 407. 

Mas fique atento, não é porque as instituições digitais não cobram anuidade que todos os serviços serão gratuitos. Transações como DOC ou TED, podem ser cobradas, consulte o seu banco. 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Bancos‌ ‌digitais‌ ‌crescem‌ ‌em‌ ‌índice‌ ‌de‌ ‌confiabilidade‌ ‌com‌ ‌adesão‌ ‌surpreendente‌ ‌

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA