Bolsa Família em Belém pode cancelar 120 mil cadastros

O programa do Bolsa Família faz algumas exigências para que os beneficiários recebam o seu dinheiro, como o acompanhamento da sua saúde nos postos. Por conta do não cumprimento dessas regras o programa pode realizar o cancelamento de mais de 120 mil cadastros de famílias beneficiárias do programa, na capital do Estado do Pará, Belém. 

Bolsa Família em Belém pode cancelar 120 mil cadastros
Bolsa Família em Belém pode cancelar 120 mil cadastros

O Bolsa Família foi criado no ano de 2003, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mais conhecido como Lula. Desde o início o programa realiza a transferência de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no país. 

Ao estarem aptos para entrar no programa, os beneficiários devem seguir algumas regras para manterem o recebimento do benefício. 

Leia também: Feito histórico no Bolsa Família é comemorado por Bolsonaro

Uma dessas regras é o comparecimento a uma Unidade Municipal de Saúde (UMS) ao menos duas vezes ao ano. Isso é necessário para que a família faça a atualização do calendário vacinal das crianças entre 0 a 7 anos.

Além disso, nessas consultas são realizados acompanhamentos das crianças por meio do seu peso e também do seu crescimento.

Os beneficiários da cidade de Belém que estão irregulares com o programa estão sendo notificados pelo governo. E podem receber a mensagem através do extrato de sua conta na hora de realizar o saque.

As famílias que receberão a notificação têm um prazo que vai até o dia 30 de dezembro para realizar o cumprimento dessa exigência. 

Segundo o coordenador da Referência Técnica de Política Nutricional da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), Márcio Nascimento, dos 174 mil beneficiários apenas 52 mil realizaram a atualização de seus dados, ou seja, apenas 30% dos beneficiários.

Ao todo, no município são 29 UMS  para que a população faça o acompanhamento da sua saúde e atualize seu cadastro.

Para cumprir com a obrigação é necessário que a família leve ao posto a sua documentação pessoal e a carteira de vacinação das crianças.

Caso o beneficiário não faça o procedimento, o benefício não será suspenso imediatamente, mas a família poderá correr o risco de ter o pagamento cortado.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Bolsa Família em Belém pode cancelar 120 mil cadastros

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA