Cartão de crédito OuroCard Fácil: Conheça o cartão e veja como solicitar/fazer o SEU!

Bom

- Anuidade e adesão gratuita, gastando pelo menos R$ 100

- Bandeira Internacional

- Cartões adicionais gratuitos

- Programas de milhas para correntistas

- Pouca burocracia

- Cartão faz compras por aproximação

- Cartão virtual pode ser gerado antes da chegada do cartão físico

Não tão bom

- Necessidade de gastar todos os meses para não pagar anuidade

- Podem acorrer atrasos na aprovação

  • Anuidade R$6.10/mês
  • Renda mínima Não exigida
  • Recompensas Programas de milhas para correntistas
  • Taxas R$0.00

O cartão de crédito OuroCard Fácil é uma opção para quem busca um cartão confiável e sem anuidade. Além de ser aceito em todo o mundo e fazer pagamentos por aproximação, o cartão também tem um programa de benefícios para correntistas do Banco do Brasil.

cartão de crédito OuroCard Fácil
Cartão de crédito OuroCard Fácil: Conheça o cartão e veja como solicitar/fazer o SEU! (Foto: Google)

Banco emissor

O cartão é emitido pelo próprio Banco Brasil, mas não é necessário ser correntista.

publicidade

Bandeira

O Cartão OuroCard Fácil é um cartão com bandeira Visa, aceito dentro e fora do Brasil.

Anuidade

O cartão não cobra anuidade dos clientes que gastam pelo menos R$ 100,00 em cada fatura. Caso você se esqueça ou simplesmente não queira usar o cartão em algum mês, o valor cobrado é de R$ 6,10 em cada fatura.

Score para ser aprovado

O cartão não exige uma pontuação mínima de score para aprovar o cliente. Para os correntistas, o histórico de relacionamento também conta e pode facilitar a aprovação para scores mais baixos.

publicidade

Renda mínima para solicitar

O banco também não exige uma renda ou salário mínimo para solicitar o cartão de crédito.

Cobertura

O cartão é internacional, ou seja, válido para compras nacionais e internacionais. Lembre-se de habilitar a função internacional no aplicativo antes de usar fora do país.

Aplicativo

Tanto o gerenciamento da fatura quanto da conta digital são feitos pelo App OuroCard. Disponível nas lojas do android e iOS, está avaliado com 4,5 e 4,8 pontos respectivamente.

publicidade

Cartões adicionais

É permitido ao titular incluir até 4 outros cartões adicionais, que serão do mesmo segmento do titular e todos os gastos serão somados na mesma fatura.

O valor de R$ 100,00 para isenção da anuidade é contado na fatura, ou seja, a soma de todos os gastos precisa ser maior que R$ 100,00 para que não haja anuidade.

Tempo de espera para aprovação

Embora a maioria dos pedidos sejam analisados em até 5 dias, o regulamento estipula um prazo de até 42 dias úteis.

Como solicitar o cartão de crédito OuroCard Fácil?

O cartão OuroCard Fácil deve ser solicitado pelo aplicativo do Banco do Brasil para correntistas ou pelo app OuroCard para não correntistas.

Confira a lista de documentos e aparelhos necessários:

  • Foto ou imagem digitalizada da CNH ou Documento de Identidade (RG) válida;
  • Foto ou imagem digitalizada do Comprovante de Renda do último vencimento;
  • Foto ou imagem digitalizada do Comprovante de Residência do último vencimento;
  • Câmera ou Webcam para Verificação Facial. 

Avaliação final sobre o OuroCard Fácil

O cartão é um boa opção para quem já é correntista do BB ou quem sempre acaba gastando mais que R$ 100,00 na sua fatura.

Fora destes cenários não existem diferenciais no cartão para outros possibilidades totalmente isentas de taxas e anuidade, por isso a nota final do cartão é de 3,5.

Canais de atendimento do Banco do Brasil

Para consultas, informações ou dúvidas, entre em contato com 4004 0001 Capitais e regiões metropolitanas. 0800 729 0001 para demais localidades.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Cartão de crédito OuroCard Fácil: Conheça o cartão e veja como solicitar/fazer o SEU!

AvatarAmanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.