Auxílio emergencial maior que R$ 5 mil começa a ser pago; entenda como receber o benefício

Com o objetivo de apoiar e auxiliar famílias afetadas pelas chuvas e enchentes do Rio Grande do Sul, o Governo Federal anunciou o Auxílio Reconstrução com valor maior que R$ 5 mil, que vai ajudar as famílias a reconstruir suas vidas e reparar os danos causados pelas calamidades.

Auxílio emergencial maior que R$ 5 mil começa a ser pago; entenda
como receber o benefício. (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

O objetivo principal do auxílio emergencial é garantir suporte financeiro imediato para a reconstrução de moradias e reparo de danos causados pelas chuvas, amenizando o impacto social e econômico das tragédias.

A especialista Lila Cunha, colaboradora do FDR, comenta mais sobre o Rio Grande do Sul, confira.

Quem tem direito ao Auxílio Reconstrução?

O Auxílio Reconstrução é destinado a famílias residentes em municípios que foram oficialmente declarados em estado de calamidade pública ou situação de emergência pelo Governo Federal, devido às chuvas e inundações. Para ter direito ao benefício, é necessário atender aos seguintes critérios:

  • Residir em um dos municípios elegíveis: a lista completa dos municípios em situação de calamidade ou emergência pode ser consultada no site do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) ou nas prefeituras municipais;
  • Estar cadastrado no MIDR: as famílias devem estar cadastradas ou ter seus dados atualizados junto ao MIDR, por meio das prefeituras municipais;
  • NIS cadastrado: é necessário possuir um Número de Identificação Social (NIS) válido e vinculado ao município afetado pelas chuvas.

Como consultar se o NIS está na lista de beneficiários?

Para verificar se você está entre os contemplados com o Auxílio Reconstrução, siga este passo a passo:

  • Acesse o site do Ministério da Cidadania
  • Clique na aba do “Auxílio Reconstrução”;
  • Insira o seu NIS;
  • Verifique as informações.

Como receber o Auxílio Reconstrução?

O pagamento do Auxílio Reconstrução está sendo realizado pela Caixa Econômica Federal, em lotes, com depósitos duas vezes por semana. Para receber o benefício, os contemplados não precisam se deslocar até agências bancárias. As opções para receber o valor são:

  • Conta poupança social digital;
  • Cartão de débito virtual;
  • Transferências via Pix.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Yasmin NascimentoYasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), com MBA em Digital Strategy também pela Unicap. Com sólida experiência em redação e gestão de redes sociais, a carreira de jornalista começou na redação do Diario de Pernambuco, indo desde estagiária até editora assistente, contribuindo com o conteúdo factual, as redes sociais do jornal e SEO. Além disso, também tem experiência como social media em agências, trabalhando com uma variedade de segmentos e marcas.