Mudanças no BPC: Descubra como garantir o reajuste de R$ 250

Está em tramitação no Congresso Nacional um projeto de lei que pretende trazer mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada). Para isso, além do valor tradicional pago mensalmente pelo auxílio também seria incluso um benefício complementar de R$ 250 todo mês. 

bpc
Mudanças no BPC: Descubra como garantir o reajuste de R$ 250
(Foto: FDR)

As mudanças no BPC, na verdade, tratam de um projeto de lei que pretende adicionar R$ 250 no pagamento mensal do benefício. A ideia é garantir um valor a mais, além de 1 salário mínimo para que cada família possa ter mais recursos para cobrir os gastos básicos de consumo. 

Quem vai receber R$ 250 a mais no BPC?

Assim que o projeto de lei 1084/2022 que cria o vale-sacolão no pagamento do BPC for aprovado, os titular do salário social poderão receber a quantia como um bônus no seu pagamento.

A ideia é que sejam contemplados com o auxílio que completa o benefício:

  • Pessoa com deficiência; ou
  • Idoso com mais de 65 anos;
  • Quem recebe o pagamento do BPC. 

Em linhas gerais, todos que têm acesso ao pagamento do BPC poderiam ser contemplados com o vale-sacolão. 

Para que serve o valor de R$ 250 incluo no pagamento do BPC?

O bônus de R$ 250 no pagamento do BPC está sendo chamado de vale-sacolão. A proposta é permitir que os inscritos recebam esse benefício complementar em seu salário a fim de que possam comprar alimentos saudáveis. 

O nome vale-sacolão está sendo usado para tornar o acréscimo mais popular aos contemplados. A recomendação é de que por meio dessa quantia eles consigam se preocupar mais com a sua alimentação incluindo alimentos com maior valor nutricional. 

Ao incluir produtos que costumam ser mais caros, como:

  • Frutas e legumes no cardápio diário da família;
  • Leite e alimentos especiais, como sem glúten, sem açúcar, com menos carboidratos e etc. 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) desde 2018. Já atuou em jornal impresso. Trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional. Especialista na produção de matérias sobre direitos e benefícios sociais. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com