Nova Carteira de Identidade tem 8 milhões de adeptos; descubra as vantagens

De acordo com o Ministério da Gestão e Inovação dos Serviços Públicos (MGI) já foram emitidas 8 milhões de novas carteiras de identidade no país. O modelo atual foi chamado de CNI (Carteira Nacional de Identificação) e substituí o atual RG. 

novo rg
Nova Carteira de Identidade tem 8 milhões de adeptos; descubra as vantagens
(Foto: Jeane de Oliveira/FDR)

A nova carteira de identidade foi criada, principalmente, para unificar os registros de identificação do brasileiro. Isso porque, pode ser incluso na mesma impressão de documento o número do conselho profissional, da CNH, e outros. 

Além disso, com a CNI o cidadão deixa de usar o número do RG como identificação, e apenas o seu CPF vale para identifica-lo. O motivo é a melhoria nos sistemas de segurança, já que um novo número de RG pode ser emitido a cada estado. 

Vantagens de emitir a nova carteira de identidade

A emissão da nova carteira de identidade não é obrigatória. Isso significa que caso o cidadão necessite fazer a troca do seu documento por conta da validade, ou para emissão da 2ª via, ele ainda pode optar por usar o RG

A CNI passa a ser obrigatória a partir de 2032. Tanto que ainda hoje os estados da Bahia, Amapá e Roraima não emitem a versão mais moderna do documento.  

Para quem escolher a nova carteira de identidade serão reservados benefícios como:

  • Um único documento de identificação, agora apenas o CPF que é válido em todos os estados;
  • Versão física (impressa) e digital (disponível no App);
  • O cidadão também pode optar por incluir no mesmo documento:
    • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
    • Número de Identificação Social (NIS);
    • Cartão Nacional de Saúde;
    • Título Militar e Carteira de Trabalho;
    • Carteira de vacinação;
    • Título de eleitor;
  • Primeira via e renovação são gratuitas;
  • Validade de 10 anos para maiores de 60 anos. 

Como emitir a nova carteira de identidade?

A primeira via da nova carteira de identidade é gratuita. O primeiro passo é verificar se o seu estado tem essa opção disponível. Em caso positivo, basta:

  • Procure o órgão civil responsável pela emissão de documentos no seu estado;
  • Agende data e horário para emissão;
  • Compareça com o seu documento atual, certidão de nascimento e certidão de casamento (casso possua);
  • Também leve todos os demais documentos que deseja incluir na CNI;
  • Tire a foto 3×4 no próprio local onde acontecerá a emissão;
  • Pague a taxa para receber o documento em casa.

Aprenda a emitir a carteira do idoso nesta matéria escrita por mim. 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com