Desenrola Fies tem prazo adiado e renegociações de dívidas continuam

O Governo Federal anunciou uma nova medida para os usuários do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) que estão inadimplentes: o prazo para renegociar as dívidas com o programa com desconto de até 99% foi prorrogado. Agora, o devedor tem até o dia 31 de agosto para limpar seu nome.

Desenrola Fies tem prazo adiado e renegociações de dívidas continuam
Imagem: FDR

O FIES foi criado para auxiliar brasileiros que sonham com o ensino superior, mas não possuem condições para pagar integralmente uma universidade particular ou não foram aprovados em instituições estaduais e federais. Com o fundo, o valor da formação é totalmente financiado pelo poder público.

Segundo a especialista Lila Cunha, o programa funciona como um empréstimo, em que as parcelas começam a ser pagas exclusivamente após a conclusão do curso. Porém, muitos acabam endividados quando a faculdade termina. Por isso, o Governo Federal criou o Desenrola FIES. 

Quem pode renegociar as dívidas pelo Desenrola FIES?

De acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, 1,2 milhão de estudantes se enquadram nos critérios definidos pelo Projeto de Lei nº 4172/2023, que autoriza a renegociação das dívidas pelo Desenrola FIES. Para conseguir fazer o acordo é necessário atender aos requisitos de:

Onde negociar pelo Desenrola FIES?

As negociações foram prorrogadas para 31 de agosto deste ano. Até lá, os interessados devem procurar os canais de comunicação da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. 

Pela Caixa:

Pelo Banco do Brasil:

 

Marina Costa SilveiraMarina Costa Silveira
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Com experiência em redação, redes sociais e marketing digital. Atualmente, cursando o MBA em Marketing, Branding e Growth pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS).
Sair da versão mobile