Lula revela BOA NOVIDADE para quem tem 55, 56, 57, 58 e 59 anos

Muitos brasileiros não sabem, mas é possível se aposentar a partir dos 55 anos e com um tempo menor de contribuição. Modalidade de aposentadoria está disponível para trabalhadores de diversas classes. Para aproveitar essa modalidade é necessário contribuir mensalmente com o INSS.

Lula revela BOA NOVIDADE para quem tem 55, 56, 57, 58 e 59 anos (Imagem: FDR)

A aposentadoria pode chegar mais cedo para os brasileiros, pois, alguns passam a ter direito a ela aos 55 anos de idade. Essa é uma boa notícia para quem viu o merecido descanso ser adiado por conta da Reforma da Previdência. Mas, atenção. Essa modalidade não está disponível para todos os brasileiros.

Aposentadoria do INSS aos 55 anos

  • O INSS tem diversos benefício, um deles é a aposentadoria especial, criada para oferecer maior garantia à vida dos segurados.
  • Isso porque ela é concedida aos trabalhadores expostos a algum tipo de agente que cause dado à saúde do trabalhador.
  • Nela as regras permitem aposentadoria a partir de 55 anos de idade e menos tempo de contribuição ao INSS, confira:
    • 55 anos de idade e 15 anos de trabalho com exposição a agentes nocivos à saúde e o mesmo tempo de contribuição; 
    • 58 anos de idade para 20 anos de contribuição e atividade profissional exposta a agente que cause risco à saúde; 
    • 60 anos de idade para 25 anos atuando e contribuindo sob risco à saúde.
  • Os agentes considerados para acesso à aposentadoria especial são: calor, ruído ou substância tóxica.
  • O segurado que desejar dar entrada nessa modalidade deve seguir os passos da aposentadoria por tempo de contribuição.

Mudanças na aposentadoria especial

  • Em abril a Câmara dos Deputados aprovou um projeto que de autoria do deputado Alberto Fraga (PL-DF) que altera uma regra importante da aposentadoria especial, a idade mínima.
  • Se aplicada, essa modalidade passaria a ser válida para os trabalhadores nas seguintes faixas etárias: 40, 45 e 48 anos. 
  • O tempo de exposição ao agente continuaria sendo considerado.
  • O texto também assegura a esses trabalhadores 100% do valor mensal recebido enquanto trabalhavam, ou seja, não será mais usada a porcentagem prevista na Reforma.

Segundo a especialista do FDR, Lila Cunha, é possível triplicar a aposentadoria seguindo alguns passos, confira.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.