Atualizar dados do Bolsa Família: Confira o passo a passo e os documentos

Manter o cadastro do Bolsa Família atualizado é importante para garantir o recebimento contínuo do benefício mensal. Confira como realizar esse procedimento e os documentos exigidos na atualização.

Recentemente, 7 milhões de famílias foram alertadas sobre a necessidade de revisar e atualizar suas informações. A maioria dessas atualizações deve ser feita pessoalmente nas unidades do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social).

Embora a atualização presencial seja a mais comum, também é possível fazer a confirmação dos dados do Cadastro Único pela internet, sem modificar nada. Para isso, é necessário baixar o aplicativo do Cadastro Único, disponível tanto para Android quanto para iOS.

O acesso é realizado por meio da conta Gov.br. Ao entrar no aplicativo, você verá um banner que indica a situação do seu cadastro:

  • Vermelho significa cadastro desatualizado
  • Amarelo indica que está prestes a ficar desatualizado
  • Verde mostra que todas as informações estão em dia.

Documentos para atualizar os dados do Bolsa Família

Os documentos exigidos variam conforme a composição familiar.

  • Para famílias com um responsável familiar, os documentos necessários incluem CPF (preferencialmente), título de eleitor, documento de identificação com foto e comprovante de endereço ou uma declaração de residência assinada pelo responsável familiar.
  • Para os demais membros da família, são aceitos CPF (preferencialmente), título de eleitor, certidão de nascimento ou casamento, carteira de identidade ou carteira de trabalho.
  • Para famílias com um responsável legal, ou seja, a pessoa que possui a guarda, tutela, curatela ou procuração do beneficiário, os documentos necessários são CPF e um documento comprobatório da representação legal.
  • Para a pessoa representada, é necessário apresentar CPF (preferencialmente), título de eleitor, documento de identificação com foto e comprovante de endereço ou declaração de residência assinada pelo responsável familiar.

Nossa especialista Lila Cunha te explica como sair da fila de espera pelo Bolsa Família, confira.

Benefícios liberados pelo CRAS

Além do Bolsa Família, o CRAS oferece uma série de outros benefícios. Entre eles, destacam-se:

  • Ação de Distribuição de Alimentos (ADA)
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC)
  • Carteira do Idoso
  • Bolsas por entidades certificadas (CEBAS-Educação)
  • Créditos de instalação do Programa Nacional de Reforma Agrária
  • Programa Facultativo de Baixa Renda
  • Identidade Jovem (ID Jovem)
  • Isenção de taxas em concursos públicos
  • Isenção na inscrição do Enem
  • Plano Progredir
  • Programa Cisternas
  • Programa Criança Feliz
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil
  • Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Minha Casa Minha Vida
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário
  • Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
  • Tarifa Social de Energia Elétrica
  • Telefone Popular
  • Programa de Urbanização de Assentamentos Precários
  • Projeto Dom Hélder Câmara
  • Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES)
  • Entre outros serviços socioassistenciais.

Para esclarecer dúvidas e obter mais informações sobre o Cadastro Único, o Ministério do Desenvolvimento oferece o telefone 0800 707 2003, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Ariel França
Jornalista especializado em Direito Administrativo, Gestão Pública e Administração Geral. Possui mais de uma década de experiência em produção de conteúdo para a internet.