Reajuste das aposentadorias do INSS vão de R$ 1.508 até R$ 8 mil; veja quando sacar

novo valor das aposentadorias do INSS já está sendo debatido e pode aumentar a renda de mais de 33 milhões de pessoas. A expectativa é de que os aposentados e pensionistas recebam em breve entre R$ 1.508 e R$ 8 mil. Entenda melhor essa novidade.

Reajuste das aposentadorias do INSS vão de R$ 1.508 até R$ 8 mil; veja quando sacar (Foto:  Jeane de Oliveira/ FDR)

Anualmente as pensões e aposentadorias do INSS são reajustadas pelo governo federal. Esse reajuste é ligado ao salário mínimo, ou seja, se o piso nacional aumenta, consequentemente o piso do Instituto também. O reajusta também acaba afetando o valor da contribuição mensal.

Em alguns meses os brasileiros poderão ter benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social com valores entre R$ 1.508 e R$ 8 mil.

Novo valor das pensões e aposentadorias do INSS

Projeção do salário do INSS para 2025

Faixa do benefício  2023  2024  2025
Faixa 1 (salário mínimo)  R$ 1.320,00  R$ 1.412,00  R$ 1.508,66
Faixa 2  R$ 1.500,00  R$ 1.555,00  R$ 1.616,89
Faixa 3  R$ 2.000,00  R$ 2.074,20  R$ 2.155,86
Faixa 4  R$ 2.500,00  R$ 2.592,75  R$ 2.694,82
Faixa 5  R$ 3.000,00  R$ 3.111,30  R$ 3.233,79
Faixa 6  R$ 3.500,00  R$ 3.629,85  R$ 3.772,75
Faixa 7  R$ 4.000,00  R$ 4.148,40  R$ 4.311,71
Faixa 8  R$ 4.500,00  R$ 4.666,95  R$ 4.850,68
Faixa 9  R$ 5.000,00  R$ 5.185,50  R$ 5.389,64
Faixa 10  R$ 5.500,00  R$ 5.704,05  R$ 5.928,61
Faixa 11  R$ 6.000,00  R$ 6.222,60  R$ 6.467,57
Faixa 12  R$ 6.500,00  R$ 6.741,15  R$ 7.006,54
Faixa 13  R$ 7.000,00  R$ 7.259,70  R$ 7.545,50
Faixa 14   R$ 7.500,00 R$ 7.778,25  R$ 8.084,47
Faixa 15 (teto)  R$ 7.507,49  R$ 7.786,02  R$ 8.092,54

De acordo com a especialista do FDR, Lila Cunha, o governo fez mudanças na aposentadoria que podem antecipar o benefício, confira.

 

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile