MEI: Aprenda como conseguir empréstimo de até R$ 80 mil de forma descomplicada

Os próximos meses são os melhores para pedir empréstimo como pessoa jurídica. O governo federal lançou o programa Acredite, e por meio dele as instituições financeiras estão recebendo garantia para que liberem crédito para o MEI (Micro Empreendedor Individual)

MEI
MEI: Aprenda como conseguir empréstimo de até R$ 80 mil de forma descomplicada
(Foto: FDR)

O empréstimo para MEI não é liberado com tanta facilidade porque o faturamento da empresa é ponto chave para determinar as condições do crédito. Como para ser micro empreendedor é permitido faturamento de no máximo R$ 81 mil por ano, as chnaces são limitadas. 

Como aumentar as chances de conseguir empréstimo como MEI?

O empréstimo para MEI pode servir para investir na própria empresa, por exemplo: contratando mais funcionário, comprando mais matéria prima, pagando dívidas atrasadas, reformando o local de atendimento. Seja como for, a ideia é aumentar o potencial de vendas do seu empreendimento. 

Para que as chances de aprovação do seu empréstimo sejam potencializadas, a recomendação é de que o empresário:

  • O primeiro passo é abrir uma conta como pessoa jurídica, e movimentar essa conta;
  • Crie chave PIX para sua conta com CNPJ e passe a receber rendimentos como empresa;
  • Mantenha suas contas sempre pagas, sem nenhuma pendência registrada;
  • Tenha uma boa relação com o banco.

Como pedir empréstimo como MEI?

O pedido do empréstimo como MEI deve acontecer diretamente com o banco desejado. Pesquise as condições, taxas de juros e parcelamento de cada instituição.

Cooperativas de crédito e bancos públicos têm mais chances de aprovar o empréstimo. O empreendedor pode usar os novos recursos do programa Acredita, que oferece garantia do Sebrae para rápida aprovação do crédito, eu ensino como fazer por aqui.

  • Entre em contato com o banco da sua preferência;
  • Solicite um novo crédito como pessoa jurídica;
  • Apresente seu comprovante de faturamento;
  • Conheça as condições do banco;
  • Confirme.  

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com