APROVADO novo CORTE no teto do INSS afetando milhares de idosos

Na última quarta-feira (24), o Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovou uma nova redução para o teto de juros do empréstimo consignado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Desde o início de 2023 já foram sete quedas consecutivas da cobrança máxima. 

inss
APROVADO novo CORTE no teto do INSS afetando milhares de idosos (Foto: FDR)

Com o novo corte do teto de juros para consignado do INSS, os aposentados e pensionistas poderão contratar um empréstimo com cobrança menor. Além do empréstimo, o cartão de crédito em que a fatura é consignada também recebeu corte nas taxas de juros. 

Nova taxa de juros do consignado do INSS

As taxas de juros do consignado do INSS vão depender dos bancos. O que o Conselho Nacional da Previdência Social fez foi cortar o teto desta cobrança, quer dizer, o máximo que pode ser cobrado por instituição financeira. 

Nesta modalidade a parcela do crédito é descontada do valor de salário do aposentado ou pensionista. Hoje, até 45% do benefício do cidadão pode ser comprometido com consignado, sendo 35% com empréstimo e no máximo 5% com cartão de crédito. 

Para a representante dos aposentados, Tônia Galleti, “a redução das taxas é medida fundamental para manter o nível de endividamento dos aposentados e pensionistas num patamar saudável”. 

Quando a nova taxa de juros começa a valer?

Os aposentados e pensionistas podem consultar quais as taxas de juros aplicadas em cada banco usando o Meu INSS. Eu ensino como fazer nesta matéria

O novo corte vale para os aposentados do INSS que fizerem a contratação de crédito a partir de:

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile