Programa Acredita: o que é e quem pode participar da ação de crédito e renegociação de dívidas?

Programa recém-lançado pelo governo federal vai possibilitar acesso a crédito e renegociação de dívidas. Iniciativa também conta com incentivos voltados às mulheres e ao aumento do investimento estrangeiro. Conheça o Programa Acredita.

Programa Acredita: o que é e quem pode participar da ação de crédito e renegociação de dívidas? (Imagem:  FDR)

No último dia 22 de abril o presidente Lula assinou a Medida Provisória que institui o Programa Acredita. São quatro frentes que vão beneficiar centenas de brasileiros com oferta de crédito e renegociação de dívidas. A iniciativa deve gerar empregos, contribuir com a economia brasileira e reduzir as desigualdades sociais.

O Programa Acredita é a chave para abrir as portas para um futuro de oportunidades ilimitadas. Acreditamos no potencial empreendedor do povo brasileiro e estamos aqui para apoiá-lo”, afirmou o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias.

Programa Acredita

O governo anunciou o investimento de R$ 1 bilhão no Acredita no Primeiro Passo, que vai conceder até R$ 12 bilhões em crédito. A expectativa é de que as ações cheguem ao montante de 21 mil. Desse total será investido, 50% devem ser destinados às mulheres empreendedoras. As ações foram pensadas nas mulheres porque elas são as responsáveis por chefiar 85% dos lares inscritos no CadÚnico.

De acordo com a especialista do FDR, Lila Cunha, o INSS decidiu mudar uma regra importante voltada às mulheres, confira.

Além disso, não será cobrada taxa para a utilização dos recursos disponíveis no fundo. O acesso ao crédito deve ser facilitado através do Fundo Garantidor de Operações (FGO) Acredita no Primeiro Passo, que deve funcionar de forma parecida ao do Desenrola Brasil.

Esse fundo será administrado pelo Banco do Brasil e deve possibilitar a eliminação de avalistas ou bens como garantia, pois, vai cobrir 100% da operação.

O Acredita no Primeiro Passo também vai oferecer cursos gratuitos com foco no empreendedorismo e apoio para os empreendedores que desejarem desenvolver seus negócios.

Eixos do Acredita 

1. Acredita no Primeiro Passo 

Oferta de microcrédito para os inscritos no CadÚnico, sendo destinado às famílias de baixa renda, informais, mulheres, pequenos produtores rurais. Nesse eixo estão garantidos R$ 500 milhões para esse ano, sendo metade destinado às mulheres.

Programa Acredita: o que é e quem pode participar da ação de crédito e renegociação de dívidas? (Imagem:  Jeane de Oliveira/ FDR)

2. Acredita no Negócio

Serão quatro ações em um mesmo eixo:

Desenrola Pequenos Negócios: que vai possibilitar a renegociação de dívidas para MEIs, micro e pequenas empresas com faturamento anual até R$ 4,8 milhões.

Procred 360: uma linha de crédito voltada especialmente aos Microempreendedores Individuais com um faturamento anual até R$ 260 mil. Para esses empreendedores será oferecida a Taxa Selic + 5% ao ano.

Melhorias no Pronampe: renegociação de dívidas mesmo após a honra das garantias e criação de um limite de crédito maior de 50% do faturamento bruto anual da empresa., caso uma mulher ocupe lugar de sócia ou administradora.

MPE Sebrae: ampliação das linhas de crédito do FAMPE (Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas) nos próximos três anos. Serão disponibilizados R$ 30 bilhões em crédito para aumentar as parcerias com bancos públicos, cooperativas de crédito, bancos privados e agências de desenvolvimento.

3. Acredita no Crédito Imobiliário

Iniciativa voltada ao incentivo da construção civil e do mercado imobiliário. A ideia é beneficiar as famílias de classe média que não se enquadram nos programas habitacionais, como o Minha casa, Minha Vida.

Para conferir se você tem direito à moradia gratuita pelo Minha Casa, Minha Vida, clique aqui.

4. Acredita no Brasil Sustentável

O Eco Invest – Proteção Cambial para Programas Sustentáveis tem o objetivo de incentivar os investimentos estrangeiros em projetos sustentáveis em todo o país e oferecer proteção cambial.

 

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile