Novo Minha Casa Minha Vida entra em funcionamento com moradia gratuita

Foi anunciado pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) um investimento adicional no programa Minha Casa, Minha Vida. Um montante bilionário em verbas serão transferidos para melhorar o sistema de habitação popular, e promete a liberação de 112,5 mil novas unidades habitacionais para este ano. 

minha casa
Novo Minha Casa, Minha Vida entra em funcionamento com moradia gratuita (Foto: Jeane de Oliveira/FDR)

No ano passado o governo federal colocou fim ao Casa Verde e Amarela, e substituiu com o novo Minha Casa, Minha Vida (MCMV). A primeira versão do programa foi criada em 2009, mas durante a gestão de Jair Bolsonaro (PL), o sistema foi substituído. Com o retorno de Lula a presidência, o MCMV voltou também

Novo investimento no programa Minha Casa, Minha Vida

Foram liberados R$ 11,6 bilhões para a construção de 112,5 mil novas unidades habitacionais. De acordo com o governo, o foco desta nova fase do Minha Casa, Minha Vida é atender comunidades tradicionais da cultura e vivência brasileira, como indígenas e quilombolas. Dessa forma:

  • 75 mil novas unidades para moradores de zonas rurais;
  • E o restante para entidades, como associações de moradores, o que inclui quilombolas e indígenas.

A meta estabelecida pelo Ministério das Cidades é de que 2 milhões de imóveis sejam financiados até 2026, quando se encerra o terceiro mandato Lula. O foco deste novo investimento é melhor a qualidade dos imóveis, e não só oferecer mais unidades. 

Por exemplo, incluindo nos projetos de construção dos imóveis nos condomínios populares a criação de sacadas e varandas. A ideia é tornar o ambiente mais familiar, bem apresentado e confortável para as famílias. 

Como se beneficiar pelo Minha Casa, Minha Vida?

Além das unidades com financiamento facilitado é possível conseguir moradia gratuita pelo Minha Casa, Minha Vida. Eu explico quais os critérios para se beneficiar nesta matéria.

Para conseguir comprar uma casa de dentro do condomínio popular, ou dentro das condições especiais, mas localizada em outra região, será preciso:

  • Ter renda familiar de até R$ 8 mil por mês;
  • Conseguir encaixar o valor da parcela do financiamento dentro do seu orçamento;
  • Solicitar a compra do imóvel na prefeitura (para os condomínios populares), ou na Caixa Econômica. 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com