Imposto de Renda 2024: prazo de envio das declarações termina em maio; saiba como evitar malha-fina

O Imposto de Renda 2024 trouxe algumas mudanças, começando com a disponibilização antecipada do programa usado no envio das declarações pela Receita Federal. A iniciativa permitiu que os contribuintes iniciassem a prestação de contas ao Fisco mais cedo do que nos anos anteriores, rompendo com o padrão de disponibilização em meados de março.

Imposto de Renda 2024: prazo de envio das declarações termina em maio; saiba como evitar malha-fina. Imagem: Jeane de Oliveira/FDR

Essa antecipação pode facilitar o processo para os contribuintes, proporcionando mais tempo para organizar a documentação e evitar possíveis atrasos na entrega do documento. O período para entrega da declaração do Imposto de Renda 2024 começou no dia 15 de março e termina em 31 de maio, mantendo-se as consequências para aqueles que não observarem o prazo estabelecido, estando sujeitos a multas e outras penalidades previstas pela legislação tributária.

Antes do aguardado anúncio da sobre o Imposto de Renda 2024, surgem especulações sobre possíveis alterações nos limites de obrigatoriedade. Até 2023, a declaração era exigida para quem teve renda tributável acima de R$ 28.559,70 no ano anterior (2022).

Especialistas ponderam sobre a manutenção ou ajuste deste limite, mas indicam que a expectativa geral é de estabilidade. Neste link, eu te ensino a consultar a malha fina do Imposto de Renda 2024, além de outros detalhes para evitar problemas com o Leão. Confira!

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2024?

Quem não precisa declarar o Imposto de Renda 2024?

Não precisa declarar IR em 2024, quem:

Quais são os documentos exigidos na declaração do Imposto de Renda 2024?

Tabela da declaração do Imposto de Renda 2024

Base de cálculo (R$)

Alíquota (%)

Parcela a deduzir do IR (R$)

Até R$ 2.112

zero

zero

De R$ 2.112,01 até R$ 2.826,65

7,5

R$ 158,40

De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05

15

R$370,40

De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 

22,5

R$ 651,73

Acima de R$ 4.664,68

27,5

R$ 884,96

Alíquota mensal progressiva até abril de 2024

Base de cálculo (R$)

Alíquota (%)

Parcela a deduzir do IR (R$)

Até R$ 1.903,98

zero

zero

De R$ 1.903,01 até R$ 2.836,65

7,5

R$ 142,89

De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05

15

R$ 354,80

R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68

22,5

R$ 636,13

Acima de R$ 4.664,68

27,5

R$ 869,36

Como evitar cair na malha fina do Imposto de Renda 2024

Para evitar cair na malha fina do Imposto de Renda e garantir uma declaração sem problemas, é recomendável cumprir o dever dentro do prazo estipulado, que vai de 15 de março a 31 de maio

Contratar um contador especializado em contabilidade do Imposto de Renda é uma das sugestões valiosas para obter suporte durante o processo. Armazenar comprovantes fiscais ao longo do ano é fundamental para facilitar a inserção dos dados na declaração, proporcionando uma experiência mais tranquila para os contribuintes. 

Além disso, é importante estar ciente de que, neste ano, os contribuintes do Imposto de Renda podem receber restituição, embora ainda não haja um calendário oficial definido. Normalmente, o estorno ocorre em cinco parcelas ao longo do ano.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile