Crédito estudantil: saiba como o Pé-de-meia pode te ajudar financeiramente enquanto estuda

Com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino público e diminuir a desigualdade social entre estudantes de 14 a 24 anos, o Pé-de-Meia, um programa promovido pelo Ministério da Educação (MEC), funciona como uma espécie de poupança para os estudantes. Você é estudante da rede pública e faz parte da faixa etária, mas ainda está com dúvidas de como o Pé-de-Meia funciona? Aqui, no FDR, você recebe as respostas e ainda consegue acessar os canais oficiais do Governo Federal para acabar com todas as dúvidas. 

Crédito estudantil: saiba como o Pé-de-meia pode te ajudar financeiramente enquanto estuda. 
Imagem: FDR

projeto promete incentivos financeiros de até R$ 9,2 mil para cada aluno que concluir o ensino médio, para aumentar ainda mais o acesso à educação e dar oportunidades iguais para todos. Além disso, o objetivo é manter o estudante na escola, assim contribuindo para a sua formação educacional e para o seu futuro profissional. Com o valor, os estudantes podem garantir uma segurança financeira e custear o que for necessário para a formação superior durante o período. 

Como acessar as plataformas do Pé-de-meia?

O próprio MEC disponibiliza canais para orientar e informar o público sobre o Pé-de-Meia:

  • Portal de Atendimento: a própria plataforma do MEC onde os usuários podem encontrar detalhes sobre serviços do Pé-de-Meia, como os aplicativos Caixa Tem e Jornada do Estudante, além do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico);

  • Chat Humano: o chat oferece assistência direta aos usuários, através da opção “Como posso te ajudar?”;

  • Canais de Atendimento: A página do portal do MEC tem uma seção de Perguntas Frequentes sobre o projeto, assim como informações sobre o app Jornada do Estudante, além do serviço Fale Conosco, disponível no número 0800 616161.

Como receber o Pé-de-meia?

A colaboradora e especialista do FDR, Laura Alvarenga, detalhou como receber o valor mensal para o seu filho, estudante do ensino médio na rede pública de ensino. Confira. 

Os valores podem variar de R$ 200, como incentivo pela matrícula nas três séries do Ensino Médio; de R$ 1.000, como poupança para os estudantes no final do ano; até R$ 1.800, pela frequência escolar, + R$ 200, no último ano, se fizer o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Marina Costa Silveira
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Com experiência em redação, redes sociais e marketing digital. Atualmente, cursando o MBA em Marketing, Branding e Growth pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS).