Idosos de 60, 61 até 69 anos têm benefício exclusivo com novo RG

Desde o início deste ano todos os estados foram obrigados a oferecer o novo RG para os cidadãos. Embora ainda não seja obrigatória, a CNI (Carteira Nacional de Identificação) é mais completa e segura e por isso tem sido altamente recomendada. Idosos com mais de 60 anos ainda têm uma vantagem neste documento. 

novo rg
Idosos de 60, 61 até 69 anos têm benefício exclusivo com novo RG (Foto: Jeane de Oliveira/FDR)

A troca da versão atual pelo novo RG é totalmente gratuita. Todos os cidadãos, independente da idade, têm direito de emitir a CNI pela primeira vez sem pagar nenhum custo. O órgão emissor pode cobrar apenas a taxa de envio do documento impresso pelos Correios. 

Prazo de validade do novo RG para idosos

Um dos pontos positivos do novo RG emitido pelos idosos é que ele se torna vitalício. Isso é, quem solicita a primeira via da CNI e tem mais de 60 anos não precisa mais renovar o seu documento, ele pode ser usado até o fim da vida.

O governo entende que a partir desta idade dificilmente os traços físicos do cidadão vai mudar, difente de quando ele é criança, por exemplo. Ou seja, com a mesma foto será possível reconhecer aquele indíviduo, e a sua digital ficará registrada dentro das bases. 

Os prazos de validade do novo RG são:

  • 0 a 12 anos incompletos: validade de 5 anos;
  • 12 a 60 anos incompletos: validade de 10 anos;
  • Acima de 60 anos: validade indeterminada.

Por que emitir o novo RG?

A carteira de identidade normal ainda pode ser usada. Os cidadãos têm até 2032 para permanecer usando o documento atual, diante disso os governos estaduais recomendam que não haja pressa. Quem optar pela emissão do novo RG, porém, vai ter acesso a um documento mais seguro.

Para descobrir onde emitir o documento e baixar sua versão online, leia esta matéria escrita por mim. As novidades que tornam essa versão mais vantajosa incluem:

  • Um único documento de identificação, agora apenas o CPF que é válido em todos os estados;
  • Versão física (impressa) e digital (disponível no App);
  • O cidadão também pode optar por incluir no mesmo documento:
    • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
    • Número de Identificação Social (NIS);
    • Cartão Nacional de Saúde;
    • Título Militar e Carteira de Trabalho;
    • Carteira de vacinação;
    • Título de eleitor.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com