Banco do Brasil revela pagamento de R$800 para CPFs finais 1, 2, 3, 4, 5 e 9

Recentemente o Banco do Brasil anunciou uma novidade envolvendo o saque de valores que podem chegar a R$ 1.412. Pagamento deve ser feito para mais de 2,70 milhões de trabalhadores em todo o país. Veja se você pode receber e confira qual a novidade anunciada pelo banco.

Banco do Brasil revela pagamento de R$800 para CPFs finais 1, 2, 3, 4, 5 e 9 (Imagem: Jeane de Oliveira/ FDR)

Todos os anos os trabalhadores brasileiros recebem o abono salarial, uma espécie de “renda extra”. O pagamento é feito por dois dos maiores bancos do país, sendo um deles o Banco do Brasil, que acaba de anunciar uma novidade.

Aplicação do PASEP no Banco do Brasil

  • O PASEP é pago pelo Banco do Brasil, a partir de agora os trabalhadores poderão fazer fazer aplicação na poupança no BB.
  • Com isso os clientes BB terão a oportunidade de aumentar os rendimentos relacionados ao abono salarial.
  • Segundo o banco, para pessoas físicas o rendimento da poupança é de 0,5% ao mês mais TR, caso a Selic esteja acima de 8,5% ao ano. Se a taxa Selic for menor que esse percentual o rendimento é de 70% da meta da Selic + a Taxa Referencial (TR).

Segundo a nossa especialista Laura Alvarenga o BB também está com outra novidade, a antecipação do saque do 13º salário, saiba mais.

Quem pode receber o abono salarial?

O PASEP é voltado aos servidores públicos, que atendem aos seguintes requisitos:

  • Estar cadastrado no programa PIS/PASEP ou no CNIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não em 2022;
  • Ter recebido até 2 salários-mínimos médios de remuneração mensal;
  • Ter seus dados informados corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial de 2022.

Outra antecipação feita pelo BB é da restituição do Imposto de Renda 2024, saiba mais.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.