ALERTA! INSS tem cerca de 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; veja como isso lhe afeta

Segundo o INSS cerca de 130 mil denúncias de descontos indevidos já foram registradas. Para combater essa ação novos procedimentos foram adotados. Entre eles está a possibilidade de bloqueio do desconto pelo próprio segurado.

ALERTA! INSS tem cerca de 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; veja como isso lhe afeta (Imagem: Jeane de Oliveira/ FDR)

Informações recentes divulgadas pelo INSS apontam que cerca de 130 mil descontos indevidos foram feitos em aposentadorias e pensões. Esses descontos não foram autorizados pelos beneficiários e representam 2% das entidades vinculadas ao Instituto.

Vale lembrar que os descontos só podem ser feitos pelas entidades que possuem vínculo com o INSS, atualmente elas são 29.

Descontos de entidades nos benefícios do INSS

Essas quase 30 entidades são sindicatos e associações voltadas aos aposentados em todo o país. Os dados dos segurados são transmitidos apenas para elas e, a partir deles, elas podem oferecer os serviços.

Após isso, se o aposentado tiver interesse em se associar ele começa a receber os descontos no seu pagamento mensal. Mas, apenas se ele autorizar essa filiação e o desconto.

No entanto, alguns segurados têm afirmado que os descontos estão sendo feito mesmo sem a autorização deles. Muitos deles afirmam nem sequer terem recebido o contato dessas entidades.

Um levantamento feito pelo Reclame Aqui apontou que o total de reclamações de descontos indevidos feitos nos primeiros meses desse ano equivale ao total de reclamações de todo o ano de 2023.

Biometria para autorização de descontos no INSS

Para combater esses descontos indevidos o INSS adotou uma nova normativa, o uso de biometria para autorização dos descontos. 

A partir de agora não bastará que o segurado assine o termo de adesão ao sindicato ou associação, ele também terá que autorizar que o débito seja feito em sua conta.

A partir disso as associações e sindicatos têm 180 dias para se adaptarem. Ou seja, a medida começa a valer em setembro desse ano. Até lá o segurado deve ficar atento aos descontos que são feitos em seu benefício.

Como consultar os descontos feitos na aposentadoria e pensão?

É possível conferir todos os descontos sem precisar ir até uma agência bancária, basta acessar o site Meu INSS, no campo “Do que você precisa?” escreva “extrato de pagamento”; clique em “Baixar PDF”.

O arquivo que será gerado vai detalhar todas as movimentações feitas no seu benefício.

Caso perceba um desconto indevido, busque por “excluir mensalidade associativa”, ou entre em contato com a Central 135, ligação gratuita.

Caso o desconto seja de um empréstimo que você não contratou, é necessário entrar em contato com a instituição financeira responsável por ele.

ALERTA! INSS tem cerca de 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; veja como isso lhe afeta (Imagem: Jeane de Oliveira/ FDR)

Bloqueio de empréstimos do INSS

Para dar ainda mais segurança o INSS disponibiliza aos seus segurados o bloqueio do empréstimo consignado. Caso opte por esse sistema ele poderá fazer o desbloqueio quando desejar pegar algum valor emprestado com desconto em folha.

Nesse caso para se proteger e bloquear o desconto siga os passos abaixo:

Para o desbloqueio é só seguir os meses passos, mas escolhendo a opção “Desbloqueio”.

Além dessas ações, o INSS também adotou o bloqueio automático de 90 dias para novos benefícios. Isso significa que mesmo se o beneficiário desejar, pelo período de 3 meses ele não poderá fazer o desbloqueio para pedir empréstimos.

O INSS vai iniciar em breve o pagamento dos benefícios do mês de abril. Nossa especialista Lila Cunha te mostra as datas, confira.

 

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile