Antecipação do Bolsa Família de março: Veja a lista de NIS final 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9 escolhidos para receber R$ 800

O Bolsa Família é um dos principais programas sociais de ajuda financeira no Brasil, com isso, o governo anunciou a antecipação do Bolsa Família de março para diversas famílias com o NIS final 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9 para receber até R$ 800. Esses valores serão pagos em benefícios adicionais.

Antecipação do Bolsa Família de março: Veja a lista de NIS final 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9
escolhidos para receber R$ 800. (Imagem: FDR)

Além do benefício financeiro, o programa Bolsa Família também está associado a condições que promovem a inclusão social e o desenvolvimento das famílias beneficiárias. Entre essas condições estão a frequência escolar de crianças e adolescentes e o acompanhamento da saúde, como o cumprimento do calendário de vacinação e o pré-natal para gestantes.

Nossa especialista Laura Alvarenga fala um pouco mais sobre o Bolsa Família, confira.

Antecipação do Bolsa Família de março

O benefício pago pelo governo terá uma antecipação para famílias de nove estados brasileiros que estão em situação de emergência por diversos fatores, são eles:

  • Acre;
  • Bahia;
  • Ceará;
  • Rio de Janeiro;
  • Rio Grande do Norte;
  • Rio Grande do Sul;
  • São Paulo;
  • Pernambuco;
  • Piauí.

Vale lembrar que nem todas as cidades desses estados terão direito aos valores antecipados.

Benefícios extras do Bolsa família

Os pagamentos do Bolsa Família são feitos de acordo com o último número do NIS (Número de Identificação Social) de cada beneficiário a partir do dia 15 no valor fixo de R$ 600. Porém, os beneficiários do programa ainda podem receber um acréscimo na parcela regular com benefícios adicionais.

Entre eles, estão o BPI (Benefício Primeira Infância), com um valor de R$ 150 para famílias com crianças até 6 anos, e o BVF (Benefício Variável Familiar), no valor de R$ 50 para famílias com crianças de 7 a adolescentes de 18 anos, gestantes e nutrizes. Confira outros benefícios:

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • Benefício Complementar (BCO): Valor adicional para famílias que a soma dos benefícios não chegue a R$ 600;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): Suplemento de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade (nutriz);
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): Concedido até maio de 2025 para garantir que nenhum beneficiário receba quantia inferior ao que era pago durante o Auxílio Brasil, programa do governo anterior.

 

Yasmin Nascimento
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com MBA em Digital Strategy, também pela Unicap. Com experiência em redação e redes sociais.