Mães SOLTEIRAS ganham valores EXTRAS no Bolsa Família

O Bolsa Família oferece suporte adicional às mães solteiras através do Benefício Primeira Infância (BPI) e do Benefício Variável Familiar (BVF). Ambos os valores extras podem ser conquistados no calendário deste mês de março.

Mães SOLTEIRAS ganham valores EXTRAS no Bolsa Família. Imagem: Jeane de Oliveira/FDR

O BPI, de R$150, é para famílias com crianças até seis anos, enquanto o BVF, de R$50, atende famílias beneficiárias do Bolsa Família com crianças e adolescentes de sete a 18 anos, incluindo gestantes e nutrizes.

Ambos os benefícios são cumulativos e podem ser recebidos simultaneamente por diferentes membros da mesma família. O Bolsa Família passou por ajustes neste ano, com a parcela regular fixada em R$142 por membro da família. 

Esse valor assegura um mínimo de R$600 por mês para cada família, podendo chegar a R$1.420 para famílias maiores, com dez membros, por exemplo. As alterações representam um avanço significativo no apoio às mães solteiras do Bolsa Família e suas famílias. 

Com benefícios adicionais mantidos e expandidos, ajustes nas parcelas regulares e antecipação dos pagamentos de dezembro, o programa reforça seu papel crucial no combate à pobreza e na promoção da segurança social.

É crucial que as mães solteiras estejam informadas sobre essas mudanças, possibilitando um planejamento adequado para o próximo ano, assegurando o bem-estar e o desenvolvimento saudável de suas famílias. Neste link eu te apresento todos os valores extras do Bolsa Família.

Novidades para o Bolsa Família em março

Diante das circunstâncias, os ministros aprovaram um relatório em conjunto com as medidas do Governo Federal na tentativa de resolver o problema de fraudes no Bolsa Família. Entre as medidas propostas estão:

  • Aprimoramento dos controles de coleta de dados por autodeclaração; 

  • Criação de um sistema de avaliação periódica dos dados;

  • Ampliação de monitoramento e orientação aos municípios. 

Regras do Bolsa Família em março

As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação. São elas:

  • Realização do acompanhamento pré-natal;

  • Acompanhamento do calendário nacional de vacinação;

  • Realização do acompanhamento do estado nutricional das crianças menores de 7 anos;

  • Frequência escolar mínima de 60% para as crianças de 4 a 5 anos, e de 75% para os beneficiários de 6 a 18 anos incompletos que não tenham concluído a educação básica;

  • A família deve sempre manter atualizado o Cadastro Único (pelos menos, a cada 24 meses).

Calendário do Bolsa Família em março

  • NIS final 1: 15 de março;

  • NIS final 2: 18 de março;

  • NIS final 3: 19 de março;

  • NIS final 4: 20 de março;

  • NIS final 5: 21 de março;

  • NIS final 6: 22 de março;

  • NIS final 7: 25 de março;

  • NIS final 8: 26 de março;

  • NIS final 9: 27 de março;

  • NIS final 0: 28 de março.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.