Mães solteiras ganham saque de R$ 600 com BÔNUS de R$ 50 até R$ 150 no Caixa Tem; saiba como conseguir

Responsável por atender milhões de famílias de baixa renda em todo o país, o programa Bolsa Família iniciará uma nova rodada de pagamentos nesta semana. Além do valor mínimo de R$ 600 algumas famílias também podem garantir pagamentos extras por meio da iniciativa.

Mães solteiras ganham saque de R$ 600 com BÔNUS de R$ 50 até R$ 150 no Caixa Tem; saiba como conseguir. (Imagem: FDR)

Atualmente o Governo Federal disponibiliza alguns benefícios complementares para os inscritos no programa. Para receber os extras é preciso que a família esteja com o cadastro atualizado no CadÚnico. Esse processo deve ser realizado de forma presencial em uma unidade do CRAS.

Para as mães solteiras, por exemplo, é possível garantir extras de até R$ 200. Os valores são obtidos por meio da soma de dois benefícios complementares. No entanto, ainda é possível aumentar a soma. Cada benefício possui regras próprias que devem ser observadas pelos beneficiários.

Os pagamentos são efetuados por meio da poupança social do Caixa Tem. Com o aplicativo é possível realizar toda a movimentação financeira do benefício. De acordo com a especialista do FDR, Laura Alvarenga, o calendário de pagamentos de março será definido com base na ordem do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários.

Confira a lista de benefícios extras do Bolsa Família:

  • Benefício de Renda de Cidadania: adiciona R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento de famílias cuja soma dos benefícios não atinja o valor de R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância: libera R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos;
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: paga um extra de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade;
  • Benefício Extraordinário de Transição: disponível até maio de 2025. Garante que nenhum beneficiário receba quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil.

Confira outros detalhes sobre o pagamento do Bolsa Família neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.