Vale gás será antecipado em março? Confira calendário revelado

Criado pelo Governo Federal no ano de 2020, o benefício do Vale Gás é responsável por atender milhões de brasileiros. Por meio da iniciativa, as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e econômica garantem o valor de um botijão de gás de 13 kgs.

Vale gás será antecipado em março? Confira calendário revelado. (Imagem: FDR)

O pagamento do Vale Gás é realizado de forma bimestral. Ou seja, os benefícios são liberados a cada dois meses. Em 2024 os pagamentos foram iniciados no mês de fevereiro. No último mês, as famílias atendidas pela iniciativa receberam o valor de R$ 102. O total do pagamento é definido de acordo com uma pesquisa que revela o preço médio nacional do botijão de gás. 

O depósito dos recursos é realizado pela Caixa Econômica Federal por meio da poupança social do Caixa Tem. Por meio do aplicativo, que está disponível para download neste link, é possível realizar toda a movimentação financeira do benefício, incluindo pagamentos, transferências e até mesmo o saque em espécie

Porém, como o pagamento do Vale Gás acontece de forma bimestral, ele só deverá ser retomado durante o mês de abril. Até lá, as famílias receberão apenas a parcela principal do Bolsa Família que manteve seu valor mínimo em R$ 600.

Consulte o próximo calendário de pagamentos do Vale Gás:

  • NIS encerrado em 1: pagamento no dia 17 de abril;  
  • NIS encerrado em 2: pagamento no dia 18 de abril;    
  • NIS encerrado em 3: pagamento no dia 19 de abril;
  • NIS encerrado em 4: pagamento no dia 22 de abril;
  • NIS encerrado em 5: pagamento no dia 23 de abril;
  • NIS encerrado em 6: pagamento no dia 24 de abril;
  • NIS encerrado em 7: pagamento no dia 25 de abril;
  • NIS encerrado em 8: pagamento no dia 26 de abril;
  • NIS encerrado em 9: pagamento no dia 29 de abril;
  • NIS encerrado em 0: pagamento no dia 30 de abril.

Veja mais informações sobre a liberação do Vale Gás neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.