MEI ganha oportunidade de financiar a CASA PRÓPRIA; veja lista de documentos para ter acesso ao crédito

Microempreendedor Individual pode realizar o sonho da casa própria, mas precisa comprovar sua renda. O MEI pode ser inserido no Minha Casa Minha Vida e pagar parcelas menores. Veja como aproveitar.

Minha Casa Minha Vida
(Imagem: Jeane de Oliveira/ FDR)

MEI ganha oportunidade de financiar a CASA PRÓPRIA; veja lista de documento para ter acesso ao crédito (Imagem: Jeane de Oliveira/FDR)

O sonho da casa própria pode ser realizado de diversas formas e classes sociais, isso inclui o MEI. Mesmo quem trabalha por conta própria pode comprar o imóvel e sair do aluguel. Mas, o procedimento precisa ser feito com cautela e atenção a alguns detalhes.

É comum que os empreendedores acreditem que não é possível fazer a comprova do imóvel por não terem carteira assinada. Mas, isso não é um fator que impede a realização do sonho.

Financiamento da casa própria por MEI

  • Em um financiamento o banco empresta um valor para a compra do imóvel, o comprador deve devolver o valor emprestado dentro de um prazo.
  • Essa devolução acontece com cobrança de juros de taxas, mas, é possível ter acesso a taxas menores.
  • Inclusive, os Microempreendedores Individuais podem ser inseridos no Minha Casa Minha Vida, desde que atendam aos requisitos.
  • Nossa colaboradora Laura Alvarenga apresenta uma forma de aliviar as parcelas do financiamento imobiliário através do programa, conheça.

Documentos MEI para cada própria

  • Em geral vale a mesma regra para os demais compradores: comprovação de renda.
  • Para isso o empreendedor precisará apresentar declarações anuais dos seus rendimentos.
  • Essa comprovação pode ser feita de três formas:  declaração de Imposto de Renda, Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore) e extrato bancário.
  • Além disso, é necessário enviar o Cartão CNPJ.
  • E demais documentos pessoais, como Documento de identificação com foto; CPF; comprovante de residência; e faturas atualizadas de cartões de crédito.
  • Além disso, é necessário ter, no mínimo, seis meses de abertura do registro MEI.
  • Vale lembrar que no financiamento é feita uma análise dos dados e histórico do comprador, após isso ele pode ser aprovado ou não. O procedimento é feito com todos os compradores, independente da atividade que ele realize.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.