Recebia o Auxílio Brasil? Saiba que você pode ter direito a indenização de R$ 15 mil; veja regras

Centenas de brasileiros que receberam o Auxílio Brasil podem ter direito à indenização. Ação é movida pelo Instituto Sigilo e deve beneficiar pessoas de todo o país. Entenda melhor.

Recebia o Auxílio Brasil? Saiba que você pode ter direito a indenização de R$ 15 mil; veja regras (Imagem: Jeane de Oliveira/FDR)

Há alguns meses a notícia sobre o vazamento de dados do Auxílio Brasil se espalhou. A partir disso o Instituto Sigilo lançou um portal para reunir as vítimas e abrir um processo. A expectativa é de que elas tenham direito a indenização de R$ 15 mil.

Segundo apuração 20% dos dados dos beneficiários foram divulgados por funcionários da Caixa Econômica.  Sendo dados de endereço, número de celular, valor do benefício e até o número NIS.

Vazamento de dados no Auxílio Brasil

  • O vazamento aconteceu em 2022, quando a Caixa Econômica era presidida por Pedro Guimarães, que acabou se demitindo após denúncias de assédio sexual por parte de funcionárias do banco.
  • Os levamentos iniciais apontaram que ao menos 4 milhões de pessoas tiveram os dados vazados.
  • Com esses dados em mãos os beneficiários passaram a receber propostas, por exemplo, para a contratação de serviços, como empréstimo.
  • Em setembro do ano passado o juiz Marco Aurélio de Mello Castrianni, da 1ª Vara Cível Federal de São Paulo, determinou que todos os envolvidos respondam pelo vazamento dos dados.
  • No entanto, ao contrário das informações que circulam pela internet, ainda não há uma decisão final sobre o pagamento da indenização.

Consulta da indenização do Auxílio Brasil

Todas as pessoas que receberam o extinto Auxílio Brasil podem fazer a consulta para descobrir se poderão ou não ter direito ao valor:

  • Acesse ao site do Instituto Sigilo; 
  • Clique em “Conferir se eu tenho direito!”;
  • Insira seu nome completo, e-mail, CPF e números de telefone;
  • Assinale as duas caixas abaixo e confirme o envio das informações.

Acompanhe a nossa cobertura sobre o vazamento de dados.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.