Meu INSS: Veja como conferir a taxa de juros do empréstimo consignado pelo app

Na última semana o Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovou a redução da taxa de juros do empréstimo consignado. Os bancos têm liberdade para fixar suas próximas taxas, mas devem respeitar o limite definido. Veja como consultar as taxas através do Meu INSS.

Meu INSS: Veja como conferir a taxa de juros do empréstimo consignado pelo app (Imagem: FDR)

O consignado é uma das modalidades mais usadas para empréstimo no Brasil, afinal, ele oferece melhores garantias aos bancos. Na última segunda-feira foi publicado no Diário Oficial a redução da taxa de juros do empréstimo consignado. Com isso já é possível usar o Meu INSS para consultar os novos percentuais.

Nova taxa de juros do empréstimo consignado do INSS

  • Antes da publicação a taxa do empréstimo consignado era de 1,76% ao mês, agora caiu para 1,72% ao mês.
  • O texto também altera a taxa cobrada nas operações de cartão de crédito e cartão consignado de benefício, que passou de 2,61% para 2,55% ao mês.
  • As novas taxas são aplicadas aos aposentados, pensionistas e até a quem recebe o Benefício de Prestação Continuada, o BPC.
  • Os bancos até podem oferecer taxas menores que as fixadas, mas, nunca maiores.
  • É importante que os segurados façam a consulta antes de fazerem a contratação do empréstimo, só assim poderão contratar o serviço pagando os menores valores possíveis.
  • A regra de comprometimento de renda continua a mesma, ou seja, o segurado só pode comprometer até 45% do benefício com o empréstimo.
  • Desse total, 35% são para empréstimo pessoal 5% para cartão de crédito e 5% para cartão de benefício.
  • Isso significa, por exemplo, que aqueles que recebem benefício no valor de um salário-mínimo só podem pegar empréstimos com parcelas até R$ 635.40.

Como consultar as taxas de juros de empréstimo pelo Meu INSS?

  • Acesse o aplicativo ou siteMeu INSS
  • Vá até a lupa e escreva “Taxas de Empréstimo Consignado”;
  • Uma nova página será aberta com todas as instituições bancárias que oferecem o empréstimo;
  • O site também permite a busca pelo nome da instituição bancária.

Dicas para antes de contratar o empréstimo consignado

Segundo as orientações do INSS, você deve observar alguns pontos antes de pegar o empréstimo, confira:

Avalie sua situação financeira

É importante se perguntar: posso comprometer minha renda mensal com esse pagamento? Afinal, o empréstimo é dividido em várias parcelas. Antes de contratar é importante observar isso e pensar a longo prazo.

Nesse momento é interessante colocar na ponta do lápis os gastos mensais com aluguel alimentação, remédios, entre outros. Só assim é possível perceber se de fato é uma boa ideia ou não pegar o valor emprestado.

Corte os gastos

Lembre-se, é possível comprometer até 45% da renda recebida do INSS. Com isso, o segurado precisa pensar nisso antes e reorganizar seus gastos para conseguir cumprir com todas as obrigações.

O ideal é que apenas 85% da renda mensal seja comprometida com parcelas fixas. Os outros 15% contribuem para evitar a inadimplência.

Confira os prazos

É possível parcelar o consignado em até 84 meses, ou seja, 7 anos.

Mas, o próprio segurado pode decidir em quanto tempo deseja quitar o empréstimo. Inclusive, quanto maior o prazo de pagamento, maiores são as taxas cobradas.

Meu INSS: Veja como conferir a taxa de juros do empréstimo consignado pelo app (Imagem: FDR)

Busque informações sobre o banco

Confira como está a reputação do banco, para isso é possível usar, por exemplo, o Reclame Aqui. Nele os consumidores podem fazer reclamações sobre empresas de diversos setores, as companhias têm a oportunidade de responder aos clientes.

A partir disso as empresas são classificadas em confiáveis ou não confiáveis. Também é possível conferir as redes oficiais do banco.

Leia antes de assinar

Primeiro ponto: o empréstimo consignado não pode ser contratado pelo telefone, se receber uma ligação, desconfie de golpe.

Segundo, jamais assine um documento sem antes ler o que está escrito nele. Caso tenha dificuldade, é possível pedir ajuda a uma pessoa de confiança. Em caso de dúvidas, questione o banco.

Cuidado com os golpes

Geralmente os golpes envolvem situações como:

  • Ligações com ofertas “imperdíveis”;
  • Solicitação de pagamento para ter acesso a serviços;
  • Oferta de valores e taxas muito baixas, nem abaixo das cobradas por outras instituições.

De olho nas taxas

O próprio sistema do INSS oferece a ferramenta de Taxas de Empréstimo Consignado, nela é possível comparar as taxas cobradas, o que deve ser feito antes da contratação.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.