Aposentadoria MEI: brasileiros PULAM DE ALEGRIA com os benefícios; confira

Microempreendedores Individuais passam a ter acesso a diversos benefícios após a formalização. Entre eles a aposentadoria MEI, oportunidade de descansar um pouco da rotina de trabalho. Para aproveitar as vantagens é necessário estar em dia com o pagamento mensal.

Aposentadoria MEI: brasileiros PULAM DE ALEGRIA com os benefícios; confira (Imagem: FDR)

 

A categoria de Microempreendedor Individual foi criada para beneficiar os empreendedores que trabalham sozinhos ou com um funcionário apenas. Atualmente o país tem quase 15 mil empreendedores nesta categoria. Boa parte deles pode aproveitar a aposentadoria MEI.

Aposentadoria MEI

  • Ao se formalizar o empreendedor passa a fazer contribuição ao INSS no percentual de 5% sobre o salário mínimo.
  • Para se aposentar o empreendedor deve conferir as regras de idade e tempo de contribuição, saiba mais.
  • Além disso, também é possível se aposentar por invalidez, com o Benefício por Incapacidade Permanente.
  • Nesse caso, o contribuinte precisa primeiro dar entrar no benefício por incapacidade temporária e só depois o perito do INSS poderá destiná-lo à aposentadoria, saiba mais.

Direitos previdenciários do MEI

  • Aposentadoria
  • Aposentadoria por invalidez
  • Salário-maternidade
  • Pensão por morte para seus dependentes
  • Benefício por Incapacidade Temporária, antigo auxílio-doença
  • Auxílio-reclusão (destinado aos dependentes)

Critérios para ser MEI?

  • Exercer uma das atividades permitidas para o MEI.
  • Ter apenas um funcionário, que pode ser pago pelo valor do salário mínimo ou pelo piso da categoria.
  • Não ser titular, sócio ou administrador de outra empresa.
  • Não ter ou abrir filial de outra empresa.
  • Ter um faturamento anual de até R$ 81.000,00
  • Ou faturamento anual até R$ 251.600,00 para o transportador autônomo de cargas que tenha como ocupação profissional exclusiva o transporte rodoviário de cargas.

Aumento do valor da contribuição MEI

Como a contribuição é calculada a partir do salário-mínimo, neste ano aconteceu um aumento no valor pago pelo empreendedor todos os meses. Veja abaixo as novas contribuições:

  • Empresas do setor de Comércio e Indústria: R$ 70,66 (INSS + ICMS);
  • Empresas do setor de Serviços: R$ 71,10 (INSS + ISS);
  • Empresas do setor Comércio e Serviços: R$ 76,60 (INSS + ICMS/ISS).
  • MEI Caminhoneiro: de R$ 169,44 e R$ 175,44 (INSS + ICMS + ISS).

Utilize o portal Meu INSS para solicitar os benefícios da Previdência Social.

 

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.