VITÓRIA! Famílias pobres ganham incentivo para realizar o sonho da casa própria

Segundo a vice-presidente de Habitação da Caixa, Inês Magalhães, ainda em março deve ser lançado o programa FGTS do Futuro. Por meio dele, as famílias que vivem em condição de baixa renda poderão usar o depósito no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para diminuir as parcelas do financiamento imobiliário. 

fgts futuro
VITÓRIA! Famílias pobres ganham incentivo para realizar o sonho da casa própria (Imagem: FDR)

O programa FGTS do Futuro foi proposto pelo governo de Jair Bolsonaro (PL). Naquela época, em meados de 2022, o Conselho Nacional do Fundo de Garantia chegou a aprovar o funcionamento do projeto, mas ele não foi colocado em prática. Agora, o atual governo quer priorizar as famílias pobres como público alvo dessa iniciativa. 

Como vai funcionar o FGTS do Futuro para comprar a casa própria?

Como o próprio nome já diz, no FGTS do Futuro a ideia é usar o Fundo de Garantia que ainda não ser pago. Isso significa que os trabalhadores deverão repassar para o banco financiador da sua casa própria o extrato do FGTS, contendo o valor que a empresa deposita na sua conta todo mês.

Esse valor equivale a 8% do salário bruto do trabalhador, e vai sendo acumulado mês a mês, o seu destino final é ser usado em situações esporádicas. Agora, porém, as famílias pobres poderão usar o FGTS da seguinte forma:

  • O banco calcula o valor que é depositado na conta todo mês, e inclui como se fizesse parte da renda do trabalhador, aumentando as chances de aprovação do financiamento;
  • Todos os meses quando o empregador fizer o depósito, automaticamente a Caixa vai transferir a quantia para o banco onde o contrato de financiamento imobiliário foi feito;
  • Na prática, o banco onde o imóvel foi comprado vai receber os depósitos do FGTS no lugar do trabalhador;
  • Issso significa que se o cidadão financiou um imóvel com parcelas de R$ 1.200, mas recebe todo mês R$ 300 de FGTS, ele vai pagar apenas R$ 900 de financiamento;
  • O programa foi chamado de “FGTS do Futuro” porque será considerado como forma de pagamento o depósito que ainda nem caiu na conta;
  • Será possível usar até 120 meses de depósitos futuros.

Famílias pobres poderão financiar por essa modalidade?

Sim! Inicialmente, a proposta do governo federal é de que o FGTS do Futuro seja usado em financiamentos pelo Minha Casa, Minha Vida. Para o período de teste poderão contratar por essa modalidade:

  • Famílias da faixa 1, com renda de até R$ 2.640 por mês. 

Está nos planos do governo atender, mais tarde, a todos os grupos do Minha Casa, até o limite de renda familiar é de R$ 8.000.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]