R$ 540 por CPF! Auxílio emergencial causa euforia em SP

Os moradores do estado de São Paulo estão eufóricos com a possibilidade de receberem auxílio emergencial no valor de R$ 540. O benefício trata de uma das modalidades disponíveis no programa Bolsa do Povo, e visa beneficiar as pessoas que estão desempregadas, mas querem retornar ao mercado.

R$ 540 por CPF! Auxílio emergencial causa euforia em SP
R$ 540 por CPF! Auxílio emergencial causa euforia em SP (Imagem: FDR)

Durante a pandemia de Covid-19 o governo do estado de São Paulo, naquela época sob gestão de João Doria, criou o Bolsa do Povo. A ideia foi oferecer auxílio emergencial aos paulistas, além daquele que já estava sendo pago pelo governo federal. Com isso, uma série de bolsas foram inclusas dentro do programa. 

Auxílio emergencial de R$ 540 em São Paulo

Dentre as opções disponíveis no Bolsa do Povo, há o auxílio emergencial que paga R$ 540. Trata-se do Bolsa Trabalho, um tipo de benefício dedicado há quem está no Cadastro Único, tem renda de até meio salário mínimo por pessoa da família, e está há mais de um ano desempregado.

Funciona da seguinte forma:

Como se inscrever no Bolsa Trabalho?

Atualmente, o governo do estado de São Paulo não tem vagas abertas para o Bolsa Trabalho. Ou seja, este auxílio emergencial foi temporariamente pausado. Quando houverem novas vagas e oportunidades, os interessados poderão se inscrever diretamente no site do programa. Dessa forma:

A partir da sua inscrição, o cidadão é chamado para ocupar os cargos disponíveis na cidade em que mora. Para acompanhar novas oportunidades, a recomendação é ficar sempre atento ao site do Bolsa do Povo onde as vagas são postadas.

 

Lila CunhaLila Cunha
Formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) desde 2018. Já atuou em jornal impresso. Trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional. Especialista na produção de matérias sobre direitos e benefícios sociais. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile